Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Notas Etílicas Por Saulo Yassuda Dicas, novidades e observações do mundo dos bares e das bebidas

Cava Bar serve drinques clássicos no porão; confira a crítica

Pequeno, o espaço fica no subsolo de uma antiga casa dos Jardins

Por Saulo Yassuda 10 ago 2018, 07h22

Quem gosta de drinques clássicos e lugares escondidos deve descer no número 565 da Rua Guarará. No subsolo, alcança-se o Cava Bar, um porão de iluminação suave e trilha que pode contar com Nina Simone, Pet Shop Boys e Devendra Banhart.

O público tem ainda um quintalzinho nos fundos para trocar ideias enquanto bebe os bons drinques que o hospitaleiro Diego almirante Carvalho (ex-La Central) envia do balcão.

Cava cocktail: originalmente, é feito com champanhe Clayton Vieira/Veja SP

O clássico champagne cocktail (espumante, açúcar, angostura e toque de brandy) substitui a bebida francesa pela espanhola, a cava, e vem geladinho e borbulhante. Sai por R$ 26,00, o mesmo preço do rabo de galo (cachaça Claudionor e Cynar) com adição de vermute tinto.

Hanky panky: clássico de gim Clayton Vieira/Veja SP

Criação do início do século XX, o hanky panky (gim, vermute tinto e Fernet Branca; R$ 26,00) é um dos mais balanceados.

Acerto da cozinha, o ovo cozido marinado em saquê e shoyu surge com a gema cremosa sobre alga wakame e cogumelo shimeji (R$ 16,00).

Avaliação: BOM (três estrelas)

Clique para conferir o cardápio:

Divulgação/Divulgação Divulgação/Divulgação

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Que bom que você veio até aqui. Comente neste post ou me escreva no e-mail saulo.yassuda@abril.com. Siga minhas novidades no Instagram @sauloy.

Continua após a publicidade
Publicidade