A horta da Paulista

Onde é possível encontrar pé de milho, pé de berinjela, manjericão e hortelã em São Paulo? a) Lá em Marsilac, fundão da Zona Sul onde sobrevivem diversas propriedades rurais b) Em algumas propriedades da Chácara Flora, que mantêm cultivos no próprio terreno c) Em plena Avenida Paulista d) Todas as anteriores Se vc respondeu “d”, […]

Um pequeno milharal faz companhia à estátua do militar Francisco de Miranda. Coisas de São Paulo… (Fotos: Mariana Barros)

Onde é possível encontrar pé de milho, pé de berinjela, manjericão e hortelã em São Paulo?

a) Lá em Marsilac, fundão da Zona Sul onde sobrevivem diversas propriedades rurais
b) Em algumas propriedades da Chácara Flora, que mantêm cultivos no próprio terreno
c) Em plena Avenida Paulista
d) Todas as anteriores

Se vc respondeu “d”, acertou. Para quem ainda não reparou, há desde outubro passado uma horta no canteiro central da Avenida Paulista (!?). Esse raro exemplar agrícola urbano ocupa a Praça do Ciclista, como ficou chamada a área que rodeia o monumento em homenagem a Francisco de Miranda, militar venezuelano cuja trajetória foi fundamental no processo de independência da América Espanhola. Agora, por que ele está na Avenida Paulista já é mais difícil de explicar. E por que ele está cercado por pés de milho, manjericão e outros, mais complicado ainda. Coisas de São Paulo.

Horta do ciclista, cultivo coletivo de um grupo ativista

Mas estão todos lá: Miranda, o pequeno milharal e outras espécies vegetais, crescendo entre o vaivém de ônibus, skates, bicicletas e acima dos carros que seguem para (ou vêm das) avenidas Doutor Arnaldo e Rebouças. A iniciativa da Horta do Ciclista partiu de um grupo de ativistas intitulado Hotelões Urbanos, que assumiu o cultivo com a ajuda de moradores da região e colaboradores esporádicos. A turma se reúne todo primeiro domingo de cada mês, às 12h. Além da horta da Paulista, cuidam também de outra horta no canteiro entre a Avenida Angélica e o finalzinho da Paulista. Para ajudar, basta comparecer com boa vontade, mudas de hortaliças, composto orgânico, folhas secas, pás e enxadas.

Espécies vegetais crescendo em meio ao vaivém de ônibus, carros e pedestres

Uma joaninha passeia pelo canteiro, dando um ar romântico-bucólico à plantação

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s