Clique e assine por apenas 6,90/mês
Blog do Miguel Por Miguel Barbieri Jr. Fique por dentro das melhores dicas de filmes e séries.

Pais levam crianças para ver Cinquenta Tons de Cinza. E o cinema deixa entrar na sessão. Entenda o caso

Antes de você ler o texto abaixo, publicado ontem, quero dizer que a repercussão do caso foi muito boa e oportuna. Recebi vários comentários, não só aqui mas no Facebook da página do blog e na fanpage de VEJA SÃO PAULO. São testemunhos de pessoas que passaram por situações semelhantes, que você pode ler mais […]

Por Miguel Barbieri Jr. - Atualizado em 26 Feb 2017, 18h33 - Publicado em 21 Feb 2015, 14h54

cinquenta-tons-de-cinza

Antes de você ler o texto abaixo, publicado ontem, quero dizer que a repercussão do caso foi muito boa e oportuna. Recebi vários comentários, não só aqui mas no Facebook da página do blog e na fanpage de VEJA SÃO PAULO. São testemunhos de pessoas que passaram por situações semelhantes, que você pode ler mais abaixo.

O relato que você vai ler não é ficção. É a realidade com um toque de surrealismo. Na quinta-feira, dia 12 de fevereiro, na estreia de Cinquenta Tons de Cinza, a psicóloga Patrícia Florenzano foi com o marido, Bernardo, assistir ao filme no Raposo Shopping, da rede Cinemark. Pegaram a sessão das 18h30, na sala 5. Tudo corria bem até a chegada de um casal que, segundo Patrícia, aparentava ter entre 35 e 40 anos.

Já com o filme em andamento, notou que os dois, que sentaram atrás dela e do marido, levaram também os filhos. “Eram dois meninos. Um deles tinha uns 8 anos, e o outro, que nem sabia falar direito, provavelmente, entre 2 e 3 anos”, recorda. As crianças não paravam de fazer perguntas, de chutar as poltronas e o menorzinho, sem entender nada, chorava. Bernardo, irritado, saiu da sala para reclamar com o gerente. O mesmo disse que não podia fazer nada porque não havia como proibir os pequenos de entrar.

Continua após a publicidade

Quando li a reclamação de Patrícia no Facebook, fiquei chocado e até perguntei: é pior os pais levarem crianças para ver Cinquenta Tons de Cinza ou o cinema permitir a entrada dos meninos? A assessoria de imprensa da Cinemark me respondeu a questão e fiquei ainda mais indignado. O cinema, simplesmente, não pode proibir a entrada de crianças porque o filme tem classificação indicativa de 16 anos. Ou seja: acompanhado dos pais ou responsáveis, qualquer menor pode ver o (pesado) drama erótico Cinquenta Tons de Cinza.

Está lá no site da Cinemark para você conferir. O texto, da Portaria 1.100, de 14 de julho de 2006, do Ministério da Justiça, diz que “o acesso de crianças e/ou adolescentes a diversão pública cuja classificação indicativa seja superior à sua faixa etária, desde que inferior a 18 (dezoito) anos, será permitido caso acompanhadas dos seus pais ou responsáveis…”.

Patrícia descreveu o cenário na sala como surreal. Além dos dois garotos, viu outras crianças, inclusive, um bebê no colo da mãe. A psicóloga dá um conselho: “Pais, pensem bem antes de agir, talvez para vocês possa ser algo banal, mas não para uma criança pequena. Cinema é um local público, não a sala de sua casa”.

E você, viu algo parecido quando foi ver o filme? Deixe sua opinião aqui no blog.

Continua após a publicidade

A repercussão do caso foi muito boa no meu blog e várias leitoras responderam que testemunharam casos semelhantes. Leia abaixo algumas delas.

Cristina Vieira: “Passei pela mesma situação quando fui assistir o filme no Cinemark Interlagos, os pais levaram um bebê com menos de 1 ano. A criança ficava paralisada vendo o filme. Achei um absurdo os pais levarem o filho…..”

Richelli: “Assisti no cinemark do shopping metrópole e nesse dia tinha uma criança de uns 3 anos que chorava muito na sala.Fiquei inconformada com tal situação”

Marcela: “Fui assistir o filme no feriado do Carnaval e o mesmo aconteceu aqui em Presidente Prudente, em uma sala da Moviecom. Agora entendo porque o cinema não fez nada”

Continua após a publicidade

Danielle: “Aqui em Goiânia aconteceu a mesma coisa na rede Cinemark. Fiquei chocada ao ver dois casais adentrarem o cinema com duas crianças na faixa de 4-6 anos”

Magda Valverde: “Fui assistir semana passada no Cinemark Shopping São Caetano, e fiquei horrorizada ao ver um menina que devia ter uns 8 anos e um casal na minha frente com bebê de colo que resmungou o tempo todo, e o pai tinha que sair toda hora para acalmá-lo”

Laura Feitoza: “O mesmo aconteceu aqui em Guarulhos, um bebê que chorou o tempo todo e outro de uns 5 anos. Como é que pode?”

Vanesda: “Fui hoje assistir ao filme, vi um menino com a mãe. Ele deve ter uns 13 anos, e um casal com um bebê que chorou muito no filme! Cada um cria seus filhos do jeito que achar melhor! Eu tenho um filho de 14 anos e preferi ir sozinha, não tem pq apressar as coisas, tudo tem seu tempo!”

Continua após a publicidade

Andreia: “Eu estava no shopping Bourbon e era 13:30 da tarde e vi a mesma cena, agora entendi porque o cinema permitiu a entrada”

 

Desafio: Teste seus conhecimentos sobre o Oscar

 + Dez motivos para re(ver) O Iluminado nos cinemas

Continua após a publicidade

Quer ter informações diárias sobre cinema? Então venha curtir a página do meu blog no Facebook. E me siga no Twitter! 

Publicidade