Clique e assine por apenas 6,90/mês
Blog do Miguel Por Miguel Barbieri Jr. Fique por dentro das melhores dicas de filmes e séries.

Mostra exibe dezessete filmes pré-indicados ao Oscar 2014

Os países já indicaram o filme que vai representá-los no Oscar em 2014. Trata-se da disputada categoria de melhor filme estrangeiro. O Brasil escolheu o drama pernambucano O Som ao Redor, que vai brigar, até agora, com 75 longas-metragens na disputa pelas cinco vagas. Você já pode conferir em DVD e Blu-ray o ótimo A Caça, representante […]

Por Miguel Barbieri Jr. - Atualizado em 27 Feb 2017, 00h05 - Publicado em 30 Sep 2013, 09h00

A Caça, indicado pela Dinamarca: já disponível em DVD e Blu-ray

Os países já indicaram o filme que vai representá-los no Oscar em 2014. Trata-se da disputada categoria de melhor filme estrangeiro. O Brasil escolheu o drama pernambucano O Som ao Redor, que vai brigar, até agora, com 75 longas-metragens na disputa pelas cinco vagas. Você já pode conferir em DVD e Blu-ray o ótimo A Caça, representante da Dinamarca e, em breve, será lançado, também em home vídeo, o surpreendente O Sonho de Wadja, o primeiro filme da história indicado pela Arábia Saudita. A Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, sempre privilegiando o cinema de autor, exibe, em primeira mão, dezessete produções que estão pré-indicadas ao Oscar. Confira abaixo a lista dos possíveis concorrentes ao prêmio de melhor filme estrangeiro.

De Volta a 1942, de Feng Xiaogang (China) – A seca e tempestades causaram, em 1942, a morte de cerca de 3 milhões de pessoas na província de Henan, na China.

O Garoto que Come Alpiste, de Ektoras Lygizos (Grécia) – Numa crítica à situação econômica da Grécia, o filme enfoca a trajetória de Yorgos, um jovem que sobrevive comendo sementes de seu canário.

Boy Eating the Bird’s Food, o concorrente da Grécia

Child’s Pose, de Calin Peter Netzer (Romênia) – Vencedor do Urso de Ouro no Festival de Berlim, o drama segue o tumultuado relacionamento de uma mãe dominadora que reata com o filho após ele ser preso.

Continua após a publicidade

Círculos, Srdan Glolubovic (Sérvia) – Premio Especial do Júri no Festival de Sundance, o filme mostra como cinco pessoas foram afetadas por uma tragédia e como conviveram com isso doze anos depois.

Omar, de Hany Abu-Assad (Palestina) – Para encontrar seu amor, Omar tenta escapar da vigilância diária e atravessar o muro que separa Israel da Palestina.

Jovem Infrator, de Kang Yi-Kwan (China) – Um jovem infrator de 16 anos sai de um centro de detenção e descobre que sua mãe, que ele acreditava estar morta, reapareceu.

Ilo Ilo, de Anthony Chen (Cingapura) – Nos anos 90, durante a recessão no Sudeste Asiático, a relação entre um menino e a empregada de sua casa provoca ciúme na mãe dele. Premiado no Festival de Cannes.

Ilo Ilo: Cingapura indicou o drama que enfoca a amizade de um menino com a empregada de sua casa

Na Flor fda Idade, de Nana Ekvtimishvili e Simon Gross (Georgia) – Em Tbilisi, capital da Georgia, em 1992, os amigos Eka e Natia ignoram os costumes da sociedade e deixam a infância para trás a fim de se afastar das turbulências familiares.

Continua após a publicidade

Grigris, de Mahamat-Saleh-Haroun (Chade) –  Embora com a perna paralisada, um jovem de 25 anos sonha em ser dançarino

Meu Cachorro Assassino, de Mira Fornay (Eslováquia) – De palidez vampiresca, Marko é um adolescente inexpressivo que exerce sua força treinando seu cão para ser um matador. Ele, porém, será o intermediário entre seu pai e sua mãe que, católicos, relutam em assinar os papéis do divórcio.

Da Eslováquia: My Dog Killer, sobre um rapaz que treina um cão para matar

O Grande Mestre – The Grandmaster, de Wong Kar Wai (Hong Kong) – O festejado director de Amores Expressos e Amor à Flor da Pele retorna com a trajetória de Yip Man, o treinador de Bruce Lee.

O Foguete, de Kim Mordaunt (Austrália) – Premiado nos festivais de Berlim e Tribeca, o longa-metragem enfoca a história de um menino que, para provar que não traz má sorte à sua família, decide entrar na competição do Rocket Festival.

Confira aqui a programação completa da Mostra

Continua após a publicidade

Duas Vidas, de Georg Maas (Alemanha) – Katrine é fruto da relação de uma norueguesa e um soldado da ocupação alemã durante a Segunda Guerra Mundial. Ela vive na Noruega e, com a queda do Muro de Berlim, em 1990, é chamada por um advogado para um polêmico julgamento.

Paradjanov, de Serge Avedikian e Olena Fetisova (Ucrânia) – Uma cinebiografia de Sergei Parajanov (1924–1990), cineasta que enfrentou o regime soviético.

Paradjanov: cinebiografia do cineasta Sergei Parajanov (1924–1990) é o candidato da Ucrânia

O Caderno Grande, de János Szász (Hungria) – Irmãos gêmeos têm de sobreviver após a II Guerra depois de abandonados pela mãe com o avô alcoólatra.

Wakolda, de Lucía Puenzo (Argentina) – Inspirado em fatos reais, o drama argentino mostra como uma família conviveu com Josef Mengele, sem saber que se tratava do famigerado criminoso de guerra nazista.

Wajma, de Barmak Akram (Afeganistão) – Um jovem garçom de Cabul seduz uma garota de 20 anos e, depois de alguns encontros sexuais secretos, ele fica grávida. Como contar para os pais a delicada situação?

Continua após a publicidade

Gostou deste post? Então clique aqui e curta a minha página do blog no Facebook e tenha mais informações sobre cinema

Leia também: O Som ao Redor não é um filme para concorrer ao Oscar 

Leia também: Sete filmes da Mostra: já vi e recomendo

Publicidade