Clique e assine por apenas 5,90/mês
Blog do Miguel Por Miguel Barbieri Jr. Fique por dentro das melhores dicas de filmes e séries.

Isto é incrível! Dez filmes que completam dez anos.

Dez filmes que completam dez anos. Listinha difícil de fazer, viu? O que mais me surpreendeu foi perceber que, além de um ano extremamente produtivo, estes longas-metragens têm uma década. Isso mesmo, meu caro leitor. Já se passaram dez anos desde que você viu… O Senhor dos Anéis – O Retorno do Rei Foi o […]

Por Miguel Barbieri Jr. - Atualizado em 27 fev 2017, 00h58 - Publicado em 5 jul 2013, 21h17

Encontros e Desencontros: o melhor filme de Sofia Coppola

Dez filmes que completam dez anos. Listinha difícil de fazer, viu? O que mais me surpreendeu foi perceber que, além de um ano extremamente produtivo, estes longas-metragens têm uma década. Isso mesmo, meu caro leitor. Já se passaram dez anos desde que você viu…

O Senhor dos Anéis – O Retorno do Rei
Foi o desfecho de uma trilogia mais emocionante da história. Não à toa, o épico de Peter Jackson levou todos os onze prêmios no Oscar pelos quais concorria.

Procurando Nemo: a fórmula certa de aventura, emoção e diversão

Procurando Nemo
Fofo, engraçado, ágil e comovente. A produtora Pixar já acertou diversas vezes no alvo, mas Nemo ainda é um dos meus preferidos.

Kill Bill – Volume 1
Quentin Tarantino faz poucos filmes, mas são sempre sensacionais. Esta primeira parte de Kill Bill tem influências e referências (musicais e cinematográficas) de deixar os cinéfilos de olhos e ouvidos arregalados. Uma das minhas cenas preferidas está abaixo.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=cTFJPfQ4rLc?feature=oembed&w=500&h=281%5D

Peixe Grande e suas Histórias Maravilhosas
Quando se fala em Tim Burton, a maioria lembra de Edward, Mãos de Tesoura, Ed Wood, A Fantástica Fábrica de Chocolate… Eu, particularmente, amo este drama fantástico sobre o complicado relacionamento entre pai e filho.

Encontros e Desencontros
Ainda é meu filme preferido de Sofia Coppola. Uma química até então impensável entre a jovem Scarlett Johansson e o maduro Bill Murray rendeu uma formidável comédia de gosto amargo.

Está gostando deste post? Então curta a página do blog no Facebook e tenha mais informações sobre cinema.

Os Sonhadores
Depois de Maio é bem bacana, mas o filme definitivo sobre o Maio de 68 na França foi feito pelo italiano Bernardo Bertolucci. Uma reflexão lúcida e oportuna sobre estudantes em convulsão social que, hoje, parece mais atual do que nunca.

Continua após a publicidade

Os Sonhadores: a versão definitiva sobre o Maio de 68 na França

Dogville
O filme-teatro de Lars von Trier causou impacto visual e deu um soco no estômago do espectador – como quase todos os dramas desse diretor dinamarquês.

Elefante
O filme hipnotiza a plateia com uma câmera percorrendo longos corredores de um colégio. O drama, inspirado no massacre da escola de Columbine, levou a Palma de Ouro e Gus Van Sant foi escolhido o melhor diretor.

Adeus, Lênin!
Vi mais de uma vez este adorável drama ambientado na ex-Alemanha Oriental. Com a queda do Muro de Berlim, um rapaz, interpretado por Daniel Brülh, precisa saber como dar a notícia à mãe, que estava em coma.

Sob o Sol da Toscana: o romance que encanta as mulheres

Sob o Sol da Toscana
Até gosto mais de outros filmes de 2003, mas não posso negar a empatia que este romance provoca nas mulheres.

Leia também: meus dez filmes preferidos de Almodóvar

E os dez filmes que eu mais gosto de Tom Cruise 

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade