Clique e assine por apenas 5,90/mês
Blog do Miguel Por Miguel Barbieri Jr. Fique por dentro das melhores dicas de filmes e séries.

18 eletrizantes filmes policiais na Netflix e no Amazon Prime Video

Confira a lista com títulos de ação, como Bala Perdida, e dramáticos, como Não Atire, inspirado em caso real

Por Miguel Barbieri - Atualizado em 15 out 2020, 15h43 - Publicado em 15 out 2020, 14h26

Filmes policiais têm várias vertentes. Podem pender para o suspense, o drama, a ação e até o humor. Na lista abaixo, você confere dezoito sugestões, entre longas-metragens inéditos nos cinemas e outros que foram exibidos nas salas. Dicas disponíveis no Amazon Prime Video e na Netflix. 

Não Atire > Dono de uma mecânica em Aalst, na Bélgica, Albert (Jan Decleir) tem de encarar com sua esposa uma tragédia. A filha, o genro e a neta foram assassinados na saída de um supermercado. O neto, David, sobreviveu. Inspirado em história verídica, o filme reconstitui a mais tenebrosa das chacinas que uma gangue de serial killers provocou entre 1983 e 1985. Ao longo dos anos, o persistente Albert e o sobrevivente David (Jonas Van Geel), já crescido, tentam ajudar a polícia a encontrar os matadores. Deparam, porém, com o descaso, a burocracia da Justiça e a corrupção. Mesmo com seus 140 minutos de duração, o filme segura o interesse, seja pelo amadurecimento dos personagens ou pelo andamento (ou não) do chocante caso. Amazon Prime Video.

Bala Perdida > Alban Lenoir é uma potência em cena do filme de ação francês, que nada fica a dever aos similares americanos. Ele interpreta Lino, um especialista em carros “envenenados” que, sem grana, decide assaltar uma joalheria. O roubo é frustrado e Lino acaba sendo preso. Meses depois, o investigador Charas (Ramzy Bedia) o procura com a intenção de tirá-lo da cadeia para, em troca, turbinar os automóveis da polícia. Mas o mecânico vai embarcar numa fuga alucinante após cair numa roubada. Netflix.

The Witness > Sang-hoon (Lee Sung-min) volta para casa de madrugada, após uma prolongada happy hour com os colegas do trabalho. Da janela de seu apartamento, ele presencia a morte de uma moça e, pior, o matador sabe que ele viu o crime. Casado e pai de uma garota, ele se recusa a dizer qualquer coisa sobre o assassinato, já que, vigiado pelo homicida, teme pela segurança de sua família. Mas será que a persistência de um investigador o fará mudar de ideia? Eis mais uma prova da vitalidade do cinema sul-coreano que, trazendo uma história já clichê na filmografia mundial, consegue envolver com aflitivas cenas de tensão e uma derradeira cena que se abre para uma reflexão sobre a solidariedade (ou não) da sociedade. Netflix.

Crime sem Saída > Chadwick Boseman interpreta o detetive Andre Davis, que carrega um trauma familiar e está sendo investigado por abuso da força policial. Mesmo assim, o protagonista fica encarregado de uma missão quase impossível. Dois ladrões roubaram uma grande quantidade de cocaína do cofre de um restaurante e, num confronto policial, mataram oito oficiais e fugiram. Espumando de raiva e clamando por justiça, Davis toma uma decisão inédita: fechar todas as saídas de Manhattan e isolar a ilha a fim de encontrar os criminosos. Amazon Prime Video. 

O Peso do Passado > Nicole Kidman se despiu totalmente do glamour para interpretar Erin Bell, uma policial de Los Angeles intrigada com um assassinato. Ela vara as madrugas atrás do responsável por tê-la levado a um estado de exaustão, amargura e culpa. No vaivém do tempo, que ajuda no impacto narrativo, mostra-se como a agente e um companheiro (Sebastian Stan) se infiltraram numa gangue de criminosos. Amazon Prime Video. 

Lost Girls — Os Crimes de Long Island > Durante alguns meses de 2010, Mari Gilbert empreendeu uma busca desesperadora. Sua primogênita, Shannan, desapareceu após ter tido um encontro num condomínio fechado nas cercanias de Long Island. A jovem ganhava dinheiro como “profissional do sexo”, mas Mari relevou o passado da filha e enfrentou com unhas e dentes a polícia para que o caso fosse solucionado. Netflix

Morte em Buenos Aires > Baseado em caso real, ocorrido dos anos 80, o policial argentino traz à tona uma investigação sobre um senhor que tinha relacionamentos com outros homens. Um inspetor (Demián Bichir) lidera a investigação e conta com a ajuda de um insistente e corajoso jovem policial (Chino Darín) para encontrar o criminoso. O desfecho surpreende. Netflix. 

Garota Exemplar > Na boa adaptação do livro de Gillian Flynn, Ben Affleck interpreta o marido de uma mulher que, misteriosamente, desapareceu. Seria ele o responsável pelo sumiço? Netflix. 

Ted Bundy – A Irresistível Face do Mal > Zac Efron é o sedutor que, casado, esconde da esposa seus crimes. Baseado numa história real, que já foi tema de documentários e séries documentais. Netflix. 

Morte às Seis da Tarde > Na linha de frente de uma investigação, a policial polonesa Helena corre contra o tempo para descobrir quem é o assassino por trás dos crimes que ocorrem, diariamente e no mesmo horário, na pacata cidade de Breslávia. Diretor e roteirista, Patryk Vega bebe na fonte certeira das histórias de serial killers. O realizador abandona a sutileza — das autópsias aos assassinatos horripilantes, tudo é mostrado de forma explícita e com violência realista. Netflix.

Sequestrando Stella > A jovem Stella (Jella Haase) é raptada por dois homens encapuzados e levada para um apartamento. No cativeiro, é amarrada a uma cama sem nenhuma chance de fuga. Enquanto um dos sequestradores sai de lá para pedir o resgate ao pai dela, o outro se mete num impasse. Netflix.

Seven – Os Sete Crimes Capitais > Causou sensação na década de 90 esse thriller estupendo com Brad Pitt em plena forma. Ele interpreta um policial novato que, ao lado de um veterano (Morgan Freeman), busca um serial killer, que mata seguindo os sete pecados capitais. Netflix.

Na Própria Pele — O Caso Stefano Cucchi > O personagem verídico que dá título ao filme ganha atuação fabulosa de Alessandro Borghi. Preso por porte de drogas, Stefano é espancado na delegacia por policiais. Condenado, é levado para um hospital devido aos ferimentos. É uma jornada triste e angustiante que, ao menos, resultou em algo positivo na Itália. Netflix.

Ilha do Medo > Em 1952, Chuck (Mark Ruffalo) e seu chefe, Teddy (Leonardo DiCaprio), chegam a um hospital psiquiátrico de uma ilha. Os detetives estão lá para investigar o desaparecimento de uma paciente, acusada de matar os três filhos. A estada não será das melhores. Presos no local devido a fortes temporais, os dois deparam com pistas falsas e muitos mistérios. Netflix. 

Instinto Selvagem > Já um clássico dos anos 90, o filme traz um detetive (Michael Douglas) que investiga um crime e a principal suspeita é uma escritora (Sharon Stone), que tem uma sede de sexo insaciável. Netflix. 

Origens Secretas > David Valentín, papel de Javier Rey, trabalha como investigador em Madri. Em seu primeiro caso, um homem foi morto de forma horrenda e, segundo o filho nerd de um colega policial, o matador se baseou num gibi do Hulk. Dono de uma loja geek, Jorge (Brays Efe) é, então, escalado para ajudar a desvendar a identidade do assassino. Repleto de referências dos quadrinhos, o filme vai, pouco a pouco, saindo do realismo para adentrar (até literalmente) na fantasia (dos super-heróis). Ganha pontos por, divertidamente, assimilar a cultura pop ao universo quase sempre pesado dos serial killers. Netflix.

The Quarry > Depois de assassinar um pregador evangélico, um homem (Shea Whigham) assume a identidade dele e vai morar num vilarejo do Texas para assumir a função de pastor da igreja. Mas um xerife (Michael Shannon) tem certa desconfiança do forasteiro. A situação se complica quando um traficante de origem mexicana é preso. Amazon Prime Video. 

Continua após a publicidade

Crimes Obscuros > Jim Carrey deixou a barba grisalha crescer para interpretar o investigador Tadek, que tenta desvendar um assassinato já dado como encerrado pela polícia de Cracóvia, na Polônia. Ele tem quase certeza de que o escritor Kozlov (Marton Csokas) é o criminoso, após escutar um audiobook do autor que descreve cenas de uma morte similar à da realidade. Amazon Prime Video. 

Quer me seguir nas redes sociais? Anote: 

Facebook: facebook.com/paginadoblogdomiguel
Twitter: @miguelbarbieri
Instagram: miguelbarbieri
YouTube: Miguel Barbieri Jr. 

 

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade