Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Tudo Sobre Cinema

Netflix: 9 casos policiais verídicos que vão te deixar estarrecido

Entre as atrações está Cenas de um Homicídio — Uma Família Vizinha, novidade na plataforma de streaming

Por Miguel Barbieri 15 out 2020, 11h05

Casos policiais não faltam na Netflix. Já vi vários e sempre fico chocado com suas resoluções. Escolhi alguns documentários para você assistir. E, depois, me conta: eles também te deixaram estarrecidos?

Cenas de um Homicídio — Uma Família Vizinha > Em agosto de 2018, uma amiga de Shanann Watts ligou para a polícia do Colorado preocupada com o sumiço da colega. O marido de Shanann chegou à residência e não sabia do paradeiro da esposa e das duas filhas. Além de um caso policial devastadoramente chocante, o documentário reconstitui, apenas com registros de arquivo, a vida em família e as consequências posteriores a um desentendimento entre o casal. Imagens recolhidas pela polícia, das redes sociais, das câmeras de segurança e da delegacia, além da troca de mensagens de texto, apresentam, passo a passo, da felicidade do casamento às traições e, de confissões, chega-se à conclusão estarrecedora.

Rede de Abuso > O documentário traz à tona um chocante episódio ocorrido na pequena e pacata cidade de Steubenville, no Estado de Ohio, em 2012. Menor de idade, uma garota foi à delegacia com a mãe prestar queixa de estupro. Ela estava bêbada e não se lembrava do que havia se passado na noite anterior. Foi então que as suspeitas recaíram sobre jogadores do time de futebol americano da universidade, que fizeram festas em três casas distintas. Como eles eram os queridinhos da população, a sujeira foi varrida para debaixo do tapete e a vítima (que jamais aparece no documentário), tachada de vadia.

Clemência – A História de Cyntoia Brown > Cyntoia Brown foi abandonada pela mãe biológica e adotada por outra mulher. Aos 16 anos, já morando com um cafetão, entrou na prostituição e, ao aceitar um programa, matou o cliente em sua própria casa, alegando legítima defesa. Pela lei do estado do Tennessee, Cyntoia, mesmo sendo menor de idade, poderia, se condenada, pegar prisão perpétua. O diretor Daniel H. Birman seguiu essa incrível história de redenção entre 2004 e 2019.

Forbidden Games — The Justin Fashanu Story > Justin e John Fashanu foram deixados pela mãe num orfanato, mas conseguiram ser abrigados por uma família branca de Norwich. Para se ter uma ideia, os irmãos eram os únicos negros da cidade inglesa, em meados dos anos 70. Justin, na adolescência, se mostrou um craque com a bola e começou a fazer carreira no futebol. Virou um ídolo do esporte e chegou a ser contratado pelo Nottingham Forest por um valor até então inédito para um jogador, algo ao que hoje é pago para um Neymar ou um Messi. Ao mesmo tempo, Justin exibia um estilo de vida que não combinava com sua origem humilde. Tornou-se uma arrogante estrela-ostentação, distanciou-se do irmão e passou a frequentar boates gays. Foi aí que teve início sua derrocada.

Sequestrada à Luz do Dia > Uma estarrecedora história contada de maneira muito envolvente. A garota Jan tinha 12 anos quando foi sequestrada. Os pais, que tinham outras duas filhas, eram religiosos e mantinham bons contatos com seus vizinhos. E jamais imaginariam que um vizinho fosse capaz de cometer as atrocidades narradas ao longo do documentário.
Long Shot > Com apenas 40 minutos, o média-metragem dá conta de narrar uma inusitada história: a de um rapaz que foi preso injustamente e seu advogado correu atrás de imagens de segurança num estádio para provar sua inocência.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90

Strong Island > Indicado ao Oscar em 2018, o registro do diretor trans Yance Ford traz à cena a amarga, dramática, comovente e injustiçada trajetória de seu irmão, assassinado covardemente por ser negro.

ReMastered: Massacre no Estádio > Victor Jara virou um ícone do cancioneiro de esquerda junto da ascensão à presidência de Salvador Allende, no Chile. Um dia após o golpe militar, em 11 de setembro de 1973, o cantor foi morto num estádio de futebol. O registro é sobre a luta da viúva em localizar o assassino.

Continua após a publicidade

Long Shot > Com apenas 40 minutos, o média-metragem dá conta de narrar uma inusitada história: a de um rapaz que foi preso injustamente e seu advogado correu atrás de imagens de segurança num estádio para provar sua inocência.

Conversando com um Serial Killer — Ted Bundy > O diferencial aqui é a entrevista em áudio que o jornalista Stephen Michaud fez com Theodore Robert Bundy, em 1980, quando o matador já estava no corredor da morte e condenado à cadeira elétrica. Michaud gravou mais de cem horas de depoimentos e só conseguiu extrair algo mais íntimo após pedir para Bundy fazer as confissões em terceira pessoa. A série vai atrás de delegados, advogados e promotores envolvidos nos mais de trinta crimes cometidos pelo assassino.

Também vale a pena ver no Amazon Prime Video

False Confessions > Embora com apenas uma hora de duração, o documentário dá um bom panorama do trabalho da advogada de Nova York Jane Fisher-Byrialsen. Jane é especialista em reabrir casos de pessoas condenadas injustamente. Um deles está no centro da trama: o de uma senhora que, viciada em drogas, confessou um assassinato sob pressão. Há outros registros mostrando a ação incisiva e manipuladora da polícia. Numa delegacia, investigadores tentam implicar a culpa de um crime em um adolescente de 14 anos. Do notório episódio Central Park Five, em 1989, que originou a minissérie dramatizada Olhos que Condenam, Jane conversa com Korey Wise para saber como se deu sua falsa confissão.

Quer me seguir nas redes sociais? Anote: 

Facebook: facebook.com/paginadoblogdomiguel
Twitter: @miguelbarbieri
Instagram: miguelbarbieri
YouTube: Miguel Barbieri Jr. 

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Edições da VejaSP liberadas no App Veja de maneira imediata

a partir de R$ 12,90/mês