Clique e assine por apenas 6,90/mês
Blog do Miguel Por Miguel Barbieri Jr. Fique por dentro das melhores dicas de filmes e séries.

Amazon Prime Video e Netflix: clássicos da literatura inéditos nos cinemas

Uma das boas atrações é Jane Eyre, com Michael Fassbender e Mia Wasikowska

Por Miguel Barbieri - 21 May 2020, 10h47

Meu garimpo da semana foi ir atrás de clássicos da literatura adaptados para as telas, mas que não foram exibidos nos cinemas brasileiros. Livros de Flaubert, Balzac, Proust, irmãs Brontë, Zola, Kafka, Dickens, Jane Austen… Foi difícil encontrar porque, como se nota, o cinema virou uma diversão-pipoca e não se fazem mais épicos românticos. Mas consegui garimpar quatro títulos.

Dois deles são bons: Jane Eyre e Madame Bovary, ambos estrelados por Mia Wasikowska. A Pele de Onagro acaba valendo mais pela história do que pela realização (explico melhor abaixo) e, em Moby Dick, os efeitos visuais deixam a desejar, embora o elenco seja bom.

+ Assine a Vejinha a partir de 6,90

Jane Eyre > A inglesa Charlotte Brontë (1816-1853) escreveu Jane Eyre em 1847. Dirigido por Cary Joji Fukunaga e com fotografia do brasileiro Adriano Goldman, o filme segue a trajetória de altos e baixos da heroína do título. Jane perdeu os pais e foi criada por uma tia má, a típica vilã dos folhetins. Após passar a infância num internato, a jovem, interpretada por Mia Wasikowska, começa a trabalhar como governanta na mansão do nobre senhor Rochester (Michael Fassbender). Ele é um viúvo de boas maneiras e severo com seus empregados. Mas se encanta com a delicadeza e a altivez de Jane. Mesmo aconselhada por sua chefe (Judi Dench) a evitar contatos mais íntimos com o patrão, a moça se deixa levar pela inesperada paixão. Como um novelão à moda antiga, a trama tem algo de démodé, mas consegue traduzir o pensamento da mulher “moderna” do século XIX, sempre em busca de sua liberdade e seguindo seus ideais e princípios. Netflix.

Continua após a publicidade

Madame Bovary > A mesma Mia Wasikowska de Jane Eyre interpreta aqui a personagem-título, também o nome do livro do francês Gustave Flaubert (1821-1880), publicado em 1856. Nascida no campo e criada num convento, Emma se casa com o médico Charles Bovary (Henry Lloyd-Hughes). Seu cotidiano é infeliz e não há prazer na relação sexual. Ela, então, se ergue pela ambição e, mesmo sem posses, começa a se endividar comprando vestidos caros e redecorando a casa. Fica de olho também em dois outros homens: o impetuoso jovem escrivão Léon (Ezra Miller) e o experiente Marquês d’Andervilliers (Logan Marshall-Green). À época um escândalo, o romance expõe os desejos de uma mulher acuada num casamento arranjado e disposta a refazer a vida conjugal nos braços de amantes. Embora sem a pujança da literatura, o filme da diretora Sophie Barthes traz à risca a razão e a sensibilidade atreladas à tragédia. Amazon Prime Video.

A Pele de Onagro > Ilusões Perdidas talvez seja o livro mais famoso de Honoré de Balzac (1799-1850), mas, anos antes, ele publicou A Pele de Onagro, adaptado para as telas pelo diretor belga Alain Berliner, em 2010. Conta mais pontos aqui o roteiro enxuto e com reviravoltas do que a realização, enfraquecida pela produção de época mediana e por atuações desiguais. Thomas Coumans defende bem o papel do parisiense Raphaël de Valentin, rapaz de 22 anos que, prestes a ser despejado e com um livro recusado por editores, quer se matar. Ao entrar num antiquário para comprar uma pistola, é convencido pelo dono (Jean-Pierre Marielle) a ficar com uma pele mágica de um onagro (asno de origem asiática). Ele faz seus pedidos e tem os desejos atendidos: torna-se rico e famoso. Não tarda, porém, a sofrer os infortúnios trazidos pela “pele da tristeza”, título original do livro/filme, sobretudo nas questões amorosas. Amazon Prime Video.

Moby Dick > O livro de Herman Melville ganhou uma versão praticamente definitiva em 1956, com Gregory Peck de protagonista e sob a direção de John Huston. Esta mais recente tem William Hurt no papel do capitão que, decidido a se vingar de Moby Dick, a baleia que arrancou sua perna, volta ao mar com uma tripulação de marujos divididos entre a caça para o bem e a retaliação dos malvados. Ethan Hawke interpreta o assistente do capitão, que não concorda com seus métodos abusivos no trato como os marinheiros. A versão está dublada em português no Amazon Prime Video.

Quer me seguir nas redes sociais? Anote! 

Continua após a publicidade

Facebook: Miguel Barbieri Jr. 
Twitter: @miguelbarbieri
Instagram: miguelbarbieri
YouTube: miguel barbieri jr 

 

 

Publicidade