12 situações constrangedoras que todo paulistano enfrenta nas festas de fim de ano

Não importa se sua família é um saco ou se você não suporta os seus colegas de trabalho — o fim do ano é a época das confraternizações. E, com elas (e com a bebida que é distribuída durante elas), algumas situações embaraçosas acontecem. + 12 presentes sem noção que todo mundo já ganhou no […]

ABRE

Não importa se sua família é um saco ou se você não suporta os seus colegas de trabalho — o fim do ano é a época das confraternizações. E, com elas (e com a bebida que é distribuída durante elas), algumas situações embaraçosas acontecem.

+ 12 presentes sem noção que todo mundo já ganhou no Natal
+ 8 perrengues que todo paulistano enfrenta no fim de ano na cidade

Como a gente gosta de relembrar os momentos ruins da vida das pessoas, resolvemos fazer uma lista de todos os momentos contrangedores que você, como paulistano, já enfrentou ou com certeza vai enfrentar durante as festas de fim de ano: 

1) Ficou bêbado e abraçou o chefe

picasion.com_177714cbf145af51cbe8a7778be15f38
Você (ou “algum amigo seu”) já bebeu mais do que deveria na festa promovida pela firma e acabou declarando todo o seu amor para o superior. Tudo bem, pelo menos ele fingiu que não lembrou na segunda-feira.

2) Resolveu discutir política, religião ou futebol com seu tio

10

Não existe Natal sem uma boa briga familiar – pode ser algo bobo, como “quem comeu o último pedaço de peru”, até algo mais sério como “eu odeio as ciclovias do Haddad”. Não importa o motivo, você vai ouvir sua mãe reclamar até as festas do ano que vem.

3) Bebeu mais do que deveria e passou mal

02

Ei, tudo bem beber champanhe, vinho ou outras bebidas típicas durante as festas de fim de ano – mas fique de olho para não acabar estragando aquele vaso chinês que a sua avó tanto gosta.

4) Acabou sentando na mesa das crianças

07

Festas de fim de ano são péssimas – você convive com gente que não quer conviver e, no pior dos casos, acaba sendo designado como o único adulto na mesa das crianças. E, sério, elas conhecem muito mais Pokémons do que você.

5) Tropeçou nas luzinhas da árvore de Natal e destruiu os enfeites

03

Nada como uma pessoa estabanada como você para acabar com o espírito natalino com uma única ação: andar. Mas ei, bem que a sua mãe poderia ter escondido aqueles malditos fios de uma maneira mais eficiente.

6) Brigou com algum colega de trabalho na festa da empresa

04

Tudo bem, vocês não são amigos, não almoçam juntos e, em suma, não se suportam – mas não precisava virar umas doses extras e falar tudo o que você pensa para o colega, né?

7) Ficou só na mesa de petiscos e esqueceu de socializar

02

Quem não gosta de comida de graça, não é mesmo? Mas você se empolgou, passou a noite inteira do lado da cozinha e acabou virando a piada do escritório no dia seguinte.

8) Perdeu a paciência quando sua tia perguntou “e as namoradinha”

06

“Não, eu não quero discutir minha vida pessoal com você – ou seja, se eu estou namorando ou não, não é problema seu. Jamais será”, disse você bêbado para a sua tia-avó.

9) Teve que aguentar comentários do tipo “como você ainda está solteira”

01

A gente sabe que a intenção nesta frase é boa, mas ela não ajuda em nada – porque, pois é né, tio? Como que eu, sendo tão sensacional, ainda estou disponível?

10) Tentou agarrar a “crush” do trabalho e acabou sendo rejeitado

08

O amor é realmente lindo – mas não quando você resolve expressá-lo de uma maneira nada sutil, na frente de todos os seus colegas de trabalho e seu chefe.

11) Dançou “É o Tchan” até o chão e foi filmado

09

Sempre tem aquele coleguinha que não larga o celular em nenhum momento, não é mesmo? Pois bem, na festa de fim de ano da sua empresa, fique longe dele – ele vai te filmar fazendo coisas horríveis.

12) Comeu um pedaço de peru antes da hora

05

Seu pai queria fazer uma oração, sua avó ainda não tinha terminado de colocar a mesa… não importa o motivo, você estava morrendo de fome e comeu um pedaço de comida antes da hora – e provavelmente tomou uma bronca por causa disso.

Dê sua opinião: E aí, esquecemos de acrescentar alguma situação? Deixe seu comentário!

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s