Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Filmes e Séries - Por Barbara Demerov

Conheça a diretora Chloé Zhao, indicada ao Oscar 2021 por Nomadland

Cineasta é a favorita a levar o prêmio de Direção na aguardada cerimônia, que acontece no domingo (25)

Por Barbara Demerov Atualizado em 25 abr 2021, 18h47 - Publicado em 22 abr 2021, 18h00

A cineasta e roteirista Chloé Zhao se encontra em um momento marcante de sua carreira. Além de ser a grande favorita a receber o Oscar de Melhor Diretor em 2021 por Nomadland, longa protagonizado por Frances McDormand, ela já conta com outro grande projeto: o filme Os Eternos, da Marvel Studios, que estreará ainda em 2021.

Nomadland conta a história de Fern (McDormand, também indicada ao Oscar), uma viúva que passa a viver em sua van após perder a casa, o marido e a própria cidade durante a crise econômica de 2008 que atingiu os Estados Unidos. Já Os Eternos é um dos longas mais aguardados da Fase 4 do Universo Cinematográfico Marvel e conta com nomes como Angelina Jolie e Salma Hayek no elenco.

Ao longo dos últimos meses, Nomadland vem conquistando cada vez mais reconhecimento nas premiações. Além de ter sido o primeiro filme a ser premiado nos festivais de Toronto e Veneza, o drama sobre nômades modernos garantiu seis indicações ao Oscar 2021 e tem tudo para se destacar nas categorias Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Atriz.

Mas, apesar de o elogiado drama ter alçado Zhao ao status de uma das diretoras mais promissoras em Hollywood, sua carreira já havia começado há alguns anos. A chinesa de 39 anos se mudou para os Estados Unidos ainda na adolescência e, enquanto estudava cinema em Nova York, começou a dirigir curtas-metragens.

Os primeiros curtas assinados por Zhao são Post (2008), The Atlas Mountains (2009), Daughters (2010) e Benachin (2011). Já com relação aos longas-metragens, sua estreia aconteceu em 2015, com Songs My Brothers Taught Me. A obra chamou a atenção em festivais como Independent Spirit Awards e até mesmo Cannes, rendendo uma indicação ao prêmio Caméra d’Or (referente ao primeiro longa de um diretor).

Em 2017, Zhao chamou bastante a atenção da crítica especializada ao dirigir, escrever e produzir o filme Domando o Destino, que narra a história de um jovem impedido de montar em cavalos – sua grande paixão – após um grave acidente. O drama recebeu quatro indicações no Spirit Awards e integrou o National Board of Review (premiação formada por críticos) na lista de 10 melhores filmes independentes do ano.

Em 2018, a cineasta fechou contrato com a Marvel Studios para dirigir Os Eternos. Fã declarada de franquias como Star Wars, Zhao já chegou a afirmar que procurou a Marvel para dirigir alguma produção do estúdio e, eventualmente, o projeto ideal acabou aparecendo.

Após seu nome se destacar com o comando da fantasia baseada em quadrinhos, Nomadland estreou no Festival de Veneza em setembro de 2020 e, desde então, vem colecionando cada vez mais prestígio. O Gotham Independent Film Awards e o Critics’ Choice Awards, além dos Sindicatos dos Diretores e Produtores, foram algumas das premiações que agraciaram o drama na temporada de 2021.

Resta saber se o Oscar, que acontece no domingo (25), seguirá este mesmo rumo. Nomadland está indicado nas categorias de Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Atriz, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Fotografia e Melhor Montagem.

Continua após a publicidade
Publicidade