Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Vida Boa Por Bárbara Öberg A repórter Bárbara Öberg fala sobre bem estar, exercícios, saúde e novidades para melhorar a rotina.

As maravilhas de uma massagem detox

Outro dia recebi um e-mail de uma moça que trabalha com essas massagens milagrosas e que, por um acaso, acompanha a vida desta mortal via redes sociais. Veio com um papo de me dar um presente e coisa e tal. Eu já fui logo falando que esse blog aqui não é hospedagem de jabás (para […]

Por Carolina Giovanelli Atualizado em 26 fev 2017, 18h15 - Publicado em 23 mar 2015, 19h52

Massagem

Outro dia recebi um e-mail de uma moça que trabalha com essas massagens milagrosas e que, por um acaso, acompanha a vida desta mortal via redes sociais. Veio com um papo de me dar um presente e coisa e tal. Eu já fui logo falando que esse blog aqui não é hospedagem de jabás (para quem não sabe, “jabá”, no jargão jornalístico, é uma espécie de suborno que se paga, em dinheiro ou troca de favores, para a publicação de alguma notícia).  Gente, eu sou jornalista, ainda acredito na ética e tô com horror da Lava Jato.

A conversa começou franca. Então, aparadas as arestas, topei conhecer o trabalho dela, testar.  Contaria o resultado – bom ou ruim. Se fosse bacana, poderia me tornar cliente – pagando!

Topamos o risco.  Eu e ela.

+ O que fazer quando só tem uma fatia de pizza na geladeira?

Ela chegou à minha casa com uma maca, uma mala e uma sacola. Pensei: socorro, será que ela pensa que vai morar aqui? #Desespero1

Conversamos, e ela contou que trabalhava no mercado financeiro e largou essa vida pra ser feliz com o que gosta: fazendo massagem em domicílio, das 6h da manhã às 22h30, justamente para atender quem não tem tempo. Pensei: que legal, amo gente que joga na vida pra ser feliz. #ToEntusiasmada

Perguntei que tipo de massagem ela fazia e como era. E quanto tempo levava. Ela respondeu: 90 minutos. Quase enfartei, juro.  #Desespero2

Contei que sou um pouco elétrica e ficar 90 minutos seria mais sofrido do que um Corinthians x Palmeiras (Tô sendo engraçadinha, não entendo nada de futebol). Mas aí ela me disse que tira 1,5 litro de retenção de líquido…

Pensei: uau, depois de um fim de semana! #PodeSerInteressante.

Massagem

Continua após a publicidade

Ela iniciou a sessão do que ela chama de massagem DrenoDetox. Eu prefirodizer que é #CoisaDeJudas. A técnica tem várias etapas: ultrassom + esfoliação + máscara desintoxicante com argila + manta térmica + drenagem + massagem modeladora. E no final: um brinde pra relaxar.

Começou passando creme transparente, como um gel mentolado. #MeSentiUmHalls. E depois deslizou um aparelhinho de ultrassom sobre o meu corpo (a sensação é muito boa, confortável, até).

Depois removeu o gel e aplicou uma esfoliação. #TipoSapólio. Aha! Mas não é ruim. Estava limpando a minha pele.

O terceiro passo foi fazer uma desintoxicação com argila – espalhando o creme sobre todo o corpo. A gente #ficaCinza. Então, ela me cobriu com uma manta térmica. A coisa esquenta mesmo. Mas não é ruim.

Na sequência, me fez uma drenagem linfática pra eliminar as toxinas e, depois, uma massagem modeladora. Nessa hora, eu senti como se estivesse fazendo uma lipo. Não eu nunca fiz lipo (porque tenho medo!). Mas parece que ela tira o excesso com a mão. É incrível. A coisa desincha.

+ Censurar emoticon gorducho resolve problema dos obesos?

E no final, ahhh, no final, rola um relax. Terminei essa tortura achando um espetáculo. E o que era só um teste vai se tornar um custo, porque sim, me tornei cliente. Eu quero muito perder a barriga e, por mais que eu me esforce, ela não sai. (#BarrigaÉaCoisaMaisFielDoMundo).

Serão dez sessões. Vamos ver como a coisa vai evoluir. Depois eu conto quantos centímetros se foram. Ah sim: o nome dela é Telma Mendes, sua empresa que faz massagem em casa é a Esthetic In Home (www.estheticinhome.com.br). E essa massagem que fiz hoje custa 250 reais a sessão (tipo, vou falir). #Desespero3. Mas se for apenas drenagem, cai pra 120 reais.

Encontrei a vizinha no elevador e ela disse: nossa como você está magrinha.

(Tô achando que a Telma deu uns trocados pra ela. É piada, gente)

Espero que gostem.

Um beijo, até mais.

Continua após a publicidade
Publicidade