Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
macarinbs.jpeg Delícia de Conta Por Comidinhas Dicas de comidinhas com bom custo-benefício e notas sobre promoções que agradam tanto o paladar quanto a carteira

Jules L’Art du Pain oferece bons pães na Zonal Sul

Com dois endereços, a padaria é comandada pelo francês Pascal Abadie

Por Gabriela Del'Moro Atualizado em 13 jan 2021, 18h23 - Publicado em 27 nov 2020, 06h30

Inaugurada em 2017, a Jules L’Art du Pain foi criada pelo francês Pascal Abadie, que, depois de oito anos no Brasil, sentia falta de padarias como as que frequentava no seu país de origem.

Após cursar panificação na École de Boulangerie et de Pâtisserie de Paris, o ex-executivo abriu o endereço em Moema, com jeitão de padaria de bairro, daquelas com comanda e catraca para entrar.

Gougère - Jules L'Art du Pain
Gougère: versão francesa do pão de queijo Divulgação/Divulgação

No fim de 2019 veio a segunda unidade, na Vila nova Conceição, de estilo mais moderninho. Nas duas casas é possível escolher pães e doces dispostos sobre uma bancada ou atrás do balcão, onde funcionários auxiliam com as pedidas. De fermentação natural, o pão rústico de nozes (R$ 44,99 o quilo) conserva agradável umidade.

Pão rústico com nozes - Jules L' Art du Pain
Pão rústico com nozes: todos de fermentação natural Divulgação/Divulgação

A ciabatta (R$ 4,90) tem sabor suave e interior elástico. Versão francesa do pão de queijo, a gougère (R$ 4,50) é feita com massa choux e queijo gruyère. Para fomes maiores, peça o croque-madame (R$ 29,90), sanduíche gratinado de presunto com queijo gruyère e molho bechamel coberto por um ovo frito.

Continua após a publicidade

Jules L’ Art du Pain
Alameda dos Anapurus, 942, Moema, tel. 5055-4537 e tel. 98090-5050 (38 lugares). 7h/20h.
Tem acessibilidade para cadeirante.
Avaliação: Bom

Rua Afonso Braz, 355, Vila Nova Conceição, tel. 3848- 9206 e tel. 96739-6909 (38 lugares). 7h/20h (dom. até 14h).
Tem acessibilidade para cadeirante.
Avaliação: Bom

Assine a Vejinha a partir de 5,90 mensais

Curtiu? Tem alguma sugestão? Entre em contato pelo e-mail gabriela.moro@abril.com.br

Continua após a publicidade

Publicidade