Clique e assine por apenas 5,90/mês
Cine Vejinha Por Blog Tudo sobre cinema, estreias e os melhores filmes

Belas Artes ganha sobrevida e programação pode se estender em mais uma semana

Em meio a uma nova rodada de negociações, o fechamento do Belas Artes, anunciado para esta quinta-feira (24), foi adiado mais uma vez. Agora, a programação deve ir, pelo menos, até a próxima semana, quando acaba o contrato. O promotor do Ministério Público Maurício Ribeiro procurou Flávio Maluf (proprietário do prédio onde fica o Belas […]

Por admin - Atualizado em 27 fev 2017, 13h24 - Publicado em 22 fev 2011, 17h29

Negociações serão retomadas amanhã

Em meio a uma nova rodada de negociações, o fechamento do Belas Artes, anunciado para esta quinta-feira (24), foi adiado mais uma vez. Agora, a programação deve ir, pelo menos, até a próxima semana, quando acaba o contrato.

O promotor do Ministério Público Maurício Ribeiro procurou Flávio Maluf (proprietário do prédio onde fica o Belas Artes, na esquina da Rua da Consolação com a Avenida Paulista) e André Sturm (ocupante atual do imóvel) para que entrassem em acordo. A ideia é que seja mantido o funcionamento das salas de cinema nos moldes atuais.

A briga que envolve um processo de tombamento _ em análise no Conpresp (Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico) _ e propostas e contrapropostas de aluguel ainda está longe de acabar. Amanhã (23), no fim da tarde, Sturm e Fábio Luchesi Filho (advogado de Maluf) devem se encontrar para discutir novos valores.

Para se aproximar dos 150 mil reais mensais propostos pelo dono do imóvel, Stum afirma ter um plano ousado. “Minha ideia é arranjar um modo em que ele receba mais sem que eu tenha que gastar mais. Não posso divulgar quem é o novo patrocinador e ainda não sei ao certo como vou fazer isso, até porque os 85 mil propostos anteriormente foi a melhor oferta que eu podia fazer”, explica.

Luchesi Filho se mostra reticente, mesmo que Sturm consiga alcançar a fórmula perfeita. “Estamos abertos à discussão, mas enquanto não houver a decisão do tombamento, nada será feito em definitivo. O máximo que faremos amanhã é um protocolo de intenções.”

Sturm promete uma programação especial para o último dia caso essa reunião não seja positiva.

Continua após a publicidade
Publicidade