Após anos de maus-tratos, ursa-parda ganha vida de rainha em santuário

Marsha, que foi rebatizada como Rowena, tem piscina com cascata e adora pasta de amendoim

A ursa-parda Marsha, de 33 anos, teve uma vida sofrida. Provavelmente nascida na Rússia, passou mais de duas décadas rodando pelo Brasil em um circo (onde só comia ração canina) e depois foi parar no forte calor do Piauí, em um zoológico de Teresina, em condições inadequadas. Ali, estava sempre estressada e triste. No último dia 22, ganhou uma nova casa, graças a esforços de entidades como o Instituto Luisa Mell e a Confederação Brasileira de Proteção aos Animais. Agora, vive no Rancho dos Gnomos, santuário em Joanópolis, no interior de São Paulo.

Rebatizado de Rowena, o bicho, na faixa dos 200 quilos, conta com espaço individual de 600 metros quadrados que traz piscina com cascata, brinquedos, cama de feno, natureza, silêncio e temperatura amena. “Ela virou outro animal”, diz Luisa Mell, cujo grupo arrecadou 110 000 reais para a construção do recinto. Mais à vontade, Rowena anda dormindo bastante, adora que cantem para ela e gosta particularmente de comer batata-doce, cenoura, uva e pasta de amendoim.

 (Biga Pessoa/Veja SP)

 (Biga Pessoa/Veja SP)

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s