Em feira de Luisa Mell, público desiste ao não achar cães de raça

Interessados fizeram fila duas horas antes da abertura, mas foram embora depois de saber que só havia vira-latas no evento de adoção

Na semana passada, a ativista Luisa Mell causou comoção ao resgatar 135 cães de raça de um canil em Osasco, na região metropolitana, onde viviam em más condições e sofriam maus-tratos. Eram yorkshires, lhasa apsos, pugs…

Nesta quarta (4), Dia de São Francisco de Assis, a protetora promoveu uma de suas habituais feiras de adoção, desta vez na Vila Clementino. Ela mantém o Instituto Luisa Mell, uma ONG onde cuida de centenas de cães e gatos.

Levada pelo caso de repercussão nacional, muita gente resolveu ir até o local para adotar um pet. Dezenas de pessoas formaram uma fila que dobrou o quarteirão duas horas antes do evento começar, uma raridade para uma atração desse tipo.

Quase todo mundo foi embora ao descobrir que não havia cães de raça para adoção (Arquivo pessoal/Divulgação)

Até aí, tudo bem. O problema é que o pessoal achou que ia levar para casa algum cão de raça. Mas… como esses animais resgatados do canil ainda estão passando por tratamento e Luisa está brigando pela guarda definitiva da matilha, nenhum deles estava na feira (não se sabe quando ficarão disponíveis). Havia somente vira-latas, como costuma ser de praxe nessas situações.

Quando soube que não se tratava de mascotes com pedigree, o pessoal foi praticamente todo embora. Luisa conseguiu doar apenas sete cães e dois gatos na data.

A gente recebeu 4 000 e-mails de interessados em pegar os cachorros de raça“, disse a ativista a VEJA SÃO PAULO. “E eu fico implorando, rastejando para adotarem os vira-latas.

Uma reação similar se deu na invasão ao Instituto Royal, em 2013. Na época, a comoção também foi grande para adotar os beagles que passavam por testes e experimentos.

Outra feira

Neste sábado (7), o instituto fará uma nova feira de adoção, das 10h às 18h, na loja 100% PET do Jardim Anália Franco (Rua Eleonora Cintra, 348).

ATENÇÃO: se você está interessado apenas em animais com pedigree, nem perca seu tempo. Agora, se topar levar para casa um vira-lata (tão fofo e amoroso quanto qualquer outro cão), vá. Ele deixará sua vida mais feliz e você ajudará o trabalho da ONG, que está lotada.

Em tempo: Luisa também criou camisetas temáticas para angariar fundos e ajudar os animais resgatados em Osasco. Confira no site www.korova.com.br. O cantor Lucas Lucco deu uma força na divulgação e posou de modelo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Leridiny Coelho

    Os bichinhos que tiveram sorte, de não serem adotados por estes vermes.

  2. Patricia Mandato Gomes

    Todo mundo se comoveu, falou e blá, blá, blá, mas adotar vira latas ngm quer…

  3. Anderson d´Almeida

    Alguém aí achou que esse comportamento é diferente de quando adotam-se crianças órfãs? Os “vira-latas humanos” estão lá até hoje, sem que ninguém se importem em adotá-los; enquanto os imbecis das redes anti-sociais estão em busca de um cão de raça apenas pra ostentar. Não sei quem é o pior, aquele que em vez de incentivar a adoção de seres humanos, promove a de animais de rua ou aquele que vai a uma feira dessas pensando em “adotar” o cão de raça que viu na TV pra poder ganhar um “cascaio” na venda do animal posteriormente. Brasil, como você é vulgar e raso…. Shame on you!

  4. Everaldo Capelli

    POVO HIPÓCRITAS , NOJENTO, SORTE DOS ANJINHOS QUE NÃO FORAM ADOTADOS POR ESSES VERMES . FICAM COMOVIDOS , CHORAM QUANDO VÊEM UM ANIMAL SENDO MALTRATADO, MAS NA HORA DE AJUDAR NÃO ADOTAM PORQUE NÃO É DE RAÇA. POVO PODRE.

  5. Wanessa Pimentel

    Anderson D’Almeida… Realmente me interessei em saber quantas crianças adotadas você tem 🤔

  6. esses Brasileiros merecem serem governados pelo Lula , brasileiros andam mais corruptos que os políticos!

  7. Roberto Blatt

    A fila de candidatos a adotantes é que estava cheia de vira-latas…