Clique e assine por apenas 6,90/mês
Bichos Tudo sobre o mundo pet por Veja São Paulo. Quer sugerir uma pauta? Envie para alice.padilha@abril.com.br

Estudante acha cachorro de raça perdido, dispensa recompensa de 2000 reais e ganha novo pet

O empresário Daniel Andrade e a advogada Vera Gambôa sempre foram muito apegados ao shih-tzu Gold, de 8 anos. Mesmo após a separação, o casal instituiu a guarda compartilhada do pet. Durante uma viagem da moça no começo de junho para sua casa em Santo Antônio do Pinhal, no interior, o cachorro conseguiu escapar. “Fiquei desesperada, […]

Por Carolina Giovanelli - Atualizado em 26 fev 2017, 15h33 - Publicado em 20 jul 2015, 16h26
Shihtzu

Andrade, dono de Gold, e Leonardo, com seu novo cachorro: final feliz (Fotos: Lionel Falcon)

O empresário Daniel Andrade e a advogada Vera Gambôa sempre foram muito apegados ao shih-tzu Gold, de 8 anos. Mesmo após a separação, o casal instituiu a guarda compartilhada do pet. Durante uma viagem da moça no começo de junho para sua casa em Santo Antônio do Pinhal, no interior, o cachorro conseguiu escapar. “Fiquei desesperada, só chorava”, lembra ela, que passou horas procurando em sítios vizinhos, clínicas veterinárias e no meio do mato.

+ Dona aluga helicóptero para tentar achar cachorro sumido

Chegou a contratar pessoas para auxiliar nas buscas e a imprimir cartazes para colar na cidade. O ex-marido anunciou na internet e em rádios e jornais locais. Ofereciam uma recompensa de 2000 reais. Seis dias depois, Gold ainda não havia aparecido.

Até que Vera recebeu uma ligação. Do outro lado da linha, falava a empresária Silvia Mancastropi, cujo filho Leonardo, de 16 anos, havia achado o cão enquanto fazia motocross a cerca de 5 quilômetros de onde o bicho fugiu. O rapaz colocou o peludo, que estava se debatendo dentro de uma vala cheia de lama, dentro de uma mochila e correu para casa, em Tremembé.

Continua após a publicidade

Deu banho e, no dia seguinte, levou ao veterinário, que disse se tratar de um cachorro perdido, já que estava muito bem tratado e com coleira. Sua mãe postou um anúncio no Facebook. Um colega que vira o apelo de Vera avisou Silvia sobre a semelhança dos cães e, assim, aconteceu a ligação.

1

Leonardo e Vera: com a cesta de produtos pet que foi doada à família

Acostumado a viver em apartamento, Gold não chegou a ficar 24 horas perdido. No tempo em que ficou com o cachorro, entretanto, Leonardo se apegou a ele. Dormia junto, fazia carinho. Por isso, estava relutante em devolvê-lo. Não queria recompensa, só o cão. A mãe insistiu que o animal tinha dono e marcou um encontro com os tutores. “Um cachorro desses é um filho”, disse Silvia. Ao ver a emoção do reencontro, Leonardo não teve como não devolver o pet, mesmo que triste.

+ Site Procura-se Cachorro ajudou 1000 animais perdidos

Vera e Daniel resolveram recompensá-lo de outra forma. Em um segundo encontro, levaram um filhote de shih-tzu bastante parecido com Gold e uma cesta cheia de brinquedos, caminha, roupas e ração, dados pela rede Petz, que soube da história e resolveu ajudar. Depois da saga, as famílias viraram amigas. Ambas estão felizes com seus cachorros, Gold e Dilan, como foi batizado o novo amigo de Leonardo.

Shih tzu

Andrade e Vera: seis dias de desespero

Continua após a publicidade
Publicidade