Clique e assine por apenas 6,90/mês
Arte ao Redor Tatiane de Assis é repórter da Veja SP. Acredita que as artes visuais podem aproximar pessoas e descortinar novas facetas da vida.

Concerto on-line no Masp relaciona tela de Tarsila a música de Villa-Lobos

Parceria com a Osesp, série de apresentações será gravada no auditório do Masp, sem a presença de espectadores na plateia

Por Redação VEJA São Paulo - 29 jul 2020, 17h41

Na próxima quarta (5), às 20h, será retomada a série de concertos que o Masp e a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp) realizam em conjunto desde o ano de 2015 e que busca entrelaçar música e artes visuais.

Devido à pandemia de covid-19, as apresentações, feitas no auditório do museu, não contarão com espectadores na plateia. Os espetáculos musicais poderão ser vistos em transmissões ao vivo no Facebook (@maspmuseu) e YouTube.

A primeira apresentação é guiada por uma fala do coordenador-geral de música na Faculdade Santa Marcelina, Sérgio Molina. Ele relaciona Composição – Figura só (1930), quadro de Tarsila do Amaral que é parte do acervo do museu, com o repertórios de músicos como o húngaro Ernst von Dohnanyi (1877-1960), o brasileiro Heitor Villa-Lobos (1887-1959) e o britânico Benjamin Britten (1913-1976).

Composição – Figura Só (1930), de Tarsila do Amaral Reprodução/ VEJA SP/Veja SP

Quem executa as composições é o Quarteto Chromos, com Joel Gisiger no oboé, Matthew Thorpe no violino, Ederson Fernandes na viola e Jin Joo Doh no violoncelo. Confira abaixo o programa da apresentação.

Programa concerto Osesp + Masp

Quarta (5), 20h. Facebook e Youtube: @maspmuseu

DOHNANY Serenade para Trio, Opus 10 (22’)

VILLA-LOBOS Quarteto nº 1, adaptação com oboé (8’)

1-Cantinela

Continua após a publicidade

2-Brincadeira

6-Saltando como um Saci

BRITTEN Fantasia para quarteto com oboé (13’)

Quarteto Chromos 

Joel Gisiger, oboé

Matthew Thorpe, violino

Ederson Fernandes, viola

Jin Joo Doh, violoncelo

Continua após a publicidade
Publicidade