Clique e assine por apenas 5,90/mês
Arte ao Redor Tatiane de Assis é repórter da Veja SP. Acredita que as artes visuais podem aproximar pessoas e descortinar novas facetas da vida.

Circuito virtual traz informações sobre galerias e espaços independentes

Plataforma transe conta com nove paradas, a exemplo da galerias Fortes Dalóia & Gabriel e o Pivô

Por Tatiane de Assis - Atualizado em 25 ago 2020, 13h18 - Publicado em 14 ago 2020, 06h00

São Paulo ganha mais um “filho da pandemia”, a plataforma Transe. Trata-se de uma caminhada virtual com nove paradas. São galerias e espaços independentes que a cada temporada serão renovados. “É preciso pensar todo o circuito. Você trabalha junto, e não em oposição”, afirma Alexandre Gabriel, sócio da galeria Fortes D’Aloia & Gabriel, que capitaneia a iniciativa. “Nosso foco é conteúdo. É uma página sem características de e-commerce”, ele detalha.

Nessa toada, o Pivô, um dos debutantes do formato, traz primeiro uma revoada de suas exposições mais recentes, como República (acima), do artista Luiz Roque. “Em um segundo momento, com- partilharemos propostas e registros de artistas do nosso programa de residência”, diz Paula Signorelli, diretora de desenvolvimento do Pivô. Acesse transe.art.br.

Publicidade