Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 28 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

O fim do Boa Bistrô

Na quinta passada, 16 de fevereiro, o Boa Bistrô serviu sua última refeição. Depois de sete anos, de altos e baixos, o restaurante contemporâneo da chef Tatiana Szeles chegou ao fim. “A fórmula do Boa não estava dando mais certo como negócio, estava desgastada”, diz a cozinheira. Em vez de simplesmente fechar as portas, a […]

Por Arnaldo Lorençato Atualizado em 27 fev 2017, 12h40 - Publicado em 23 fev 2012, 19h33

Tatiana Szeles: “O Boa não estava funcionando como negócio” (Foto: Arnaldo Lorençato)

Na quinta passada, 16 de fevereiro, o Boa Bistrô serviu sua última refeição. Depois de sete anos, de altos e baixos, o restaurante contemporâneo da chef Tatiana Szeles chegou ao fim. “A fórmula do Boa não estava dando mais certo como negócio, estava desgastada”, diz a cozinheira.

Em vez de simplesmente fechar as portas, a chef, que já era sócia do pai, Paulo Szeles, e de Cristina Sigueta, se associou a um grupo de investidores. “Já vinhamos conversando há algum tempo e queremos fazer uma casa totalmente nova”, revela. Ainda não há uma definição do cardápio, que deve se manter contemporâneo. Também não foi escolhido o novo nome da casa. A única certeza de Tatiana é que farão uma renovação completa do ambiente. “Precisamos de uma renovação do visual”, acredita.

Do antigo cardápio, ela diz que gostaria de manter o rosbife thai. “É um prato que gosto muito”, conta. Enquanto o substituto do Boa não chega, a receita desse filé adaptado ao estilo oriental para fazer em casa você confere aqui.

Continua após a publicidade
Publicidade