Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Uma Peça por Outra

Tipos de Gêneros dramáticos: Comédia
VejaSP:
  • Direção: Brian Penido Ross e Guilherme Sant`Anna
  • Duração: 90 minutos
  • Recomendação: 12 anos

Resenha por Dirceu Alves Jr.

Em 1987, o grupo carioca Tapa, sediado há um ano na cidade, apresentou uma coletânea de peças curtas do dramaturgo francês Jean Tardieu (1903-1995). As diferentes formas de linguagem e eventuais problemas de comunicação davam o tom da antologia dirigida por Eduardo Tolentino de Araújo que trazia no elenco, entre outros, Clara Carvalho, Brian Penido Ross e Guilherme Sant´Anna. Em tom de celebração, a comédia Uma Peça por Outra ganha nova montagem três décadas depois sob a direção de Penido Ross e Sant´Anna, com o Grupo das Dores, tendo Clara no palco. Seis histórias, costuradas por números de cabaré, provocam a plateia com um humor que seduziu espectadores na primeira metade do século passado, inspirou o teatro do absurdo e as revistas musicais e, pelo visto, não envelheceu. O nonsense dialoga com os dias de hoje em que a comunicação é cifrada e deve surtir efeito imediato, rendendo um saboroso teste de versatilidade aos intérpretes. Clara e Ross abrem a sessão com Oswaldo e Zenaide, sobre um casal que, nem sempre, evidencia as intenções. Dalton Vigh e Camila Czerkes, também como namorados, divertem o público com uma sucessão de frases incompletas em Para Bom Entendedor Meia… Havia uma Multidão no Solar surpreende pelo timing cômico de Vigh e Clara, tão associados aos papéis sérios, com dezenas de trocas de roupas em segundos. Se Uma Palavra por Outra, na sequencia, passa despercebida, Só Eles o Sabem se revela o auge do espetáculo. Trata-se de uma sátira à busca do realismo em dramas do cinema e da TV que pode resultar risível. Aqui, os misteriosos personagens de Clara e Vigh são acompanhados pelo olhar atento de uma espectadora (Ana Lyz), que transita entre os atores sem interferir na ação. Por fim, o elenco de nove artistas se reúne em Conversação Sinfonieta, que, ambientada em um estúdio de rádio, trava um jogo de palavras que brinca diante do inusitado e fecha com leveza o conjunto. Estreou em 31/3/2017.

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês