Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Anos Felizes

VejaSP:

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

O diretor italiano Daniele Luchetti tem um olhar clínico em seus retratos de família. Depois de Meu Irmão É Filho Único (2007) e La Nostra Vita (2010), exibido apenas na Mostra Internacional de São Paulo, o cineasta retoma o gênero nesse drama ambientado em 1974. No verão de Roma, Guido (Kim Rossi Stuart) é um pai de família que tenta ganhar dinheiro como artista plástico. Suas obras e performances abstratas, porém, são pretensiosas e pouco agradam à crítica. No ateliê sempre estão mulheres nuas (modelos para suas esculturas), e isso desperta a desconfiança da esposa, Serena (interpretada por Micaela Ramazzotti). Os holofotes parecem se dirigir para o protagonista, mas Serena ganha maior destaque. Insatisfeita no casamento, ela pega os dois filhos e parte numa viagem acompanhando um grupo de feministas, no qual encontra uma galerista bissexual (papel de Martina Gedeck) que passa a assediá-la. Seja nas atitudes dos personagens, seja na recriação de época, o realizador consegue dar um inspirado panorama dos anos 70. A perspectiva vem do filho mais velho, um adolescente atento aos deslizes do pai e à transformação sexual da mãe. Anos Felizes, na tradição do cinema italiano, transborda afetividade em meio aos problemas familiares. Estreou em 29/5/2014.

    info
  • Direção: Daniele Luchetti
  • Duração: 106 minutos
  • Recomendação: 14 anos
  • País: Itália/França
  • Ano: 2013
Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.