Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Minha Irmã de Paris

Tipos de Gêneros dramáticos: Comédia
VejaSP:

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

As comédias francesas, ao menos as que chegam ao circuito brasileiro, se dividem entre filmes bons e fracos. Após o fiasco de Finalmente Livres, que estreou em 12 de dezembro, Minha Irmã de Paris é uma boa surpresa. Na trama, a decadente atriz Julie Varenne, prestes a completar 45 anos, engata um fracasso atrás do outro. Mas tem a chance de se reerguer na carreira ao ser escalada para protagonizar uma trama de humor. O problema é que as filmagens estão prestes a começar, e Julie fez um procedimento estético nos lábios que a deixou com a boca inchada. Recorre, então, a uma mulher que conheceu na região de Aix-en-Provence e que é muito parecida com ela. Laurette, a simplória substituta, tem uma filha jovem e toca a vida como cabeleireira. Esconde, porém, um segredo, capaz de mudar o futuro de sua sósia. É uma pena que o título em português já entregue a revelação. Mas Mathilde Seigner (foto), que se desdobra em personagens completamente distintas, é tão talentosa que alcança uma atuação cheia de nuances. O roteiro também se mostra azeitado, seja na sátira aos bastidores do cinema, seja no drama familiar que se instala entre mentiras e transformações pessoais. Direção: Anne Giafferi (Ni Une Ni Deux, França, 2019, 98min). 14 anos. Estreou em 26/12/2019.

    info
  • Direção: Anne Giafferi
  • Duração: 98 minutos
  • Recomendação: 14 anos
  • País: França
  • Ano: 2019
Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.