Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Exercícios de Olhar

VejaSP:

Resenha por Jonas Lopes

Com a disseminação da profissão de curador, ficou difícil encontrar nas mostras da cidade visões de fato originais sobre determinado artista, período ou movimento. Por isso, vale conferir Exercícios de Olhar. Nela, a crítica, historiadora da arte e ex-diretora da Pinacoteca Aracy Amaral reúne 37 obras de 32 nomes ligadas por um conceito: todas trazem pessoas de costas para o público. Instigam, assim, o desejo do espectador de descobrir o que há do outro lado. Provenientes de coleções particulares e públicas, os trabalhos são de momentos bem distintos. A abordagem acadêmica e classicista de Eliseu Visconti e Rodolpho Amoedo rende figuras próximas da sensualidade. Tudo começa a ser distorcido na chegada das vertentes do modernismo. Candido Portinari e Vicente do Rego Monteiro apostam em formas cubistas, Oswaldo Goeldi e Lasar Segall, no expressionismo, e Anita Malfatti, por sua vez, usa as cores intensas típicas do futurismo. Foram selecionados também exemplos mais atuais, caso de Antonio Dias e Leda Catunda. Dos estrangeiros, sobressaem o francês Henri de Toulouse-Lautrec e o italiano Giorgio de Chirico. E uma última curiosidade: a presença de um nu feminino feito a lápis por Mário de Andrade em 1924. De 14/07/2012 a 21/10/2012.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.