Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Esperando Godot – Elias Andreato

Tipos de Gêneros dramáticos: Drama
VejaSP:

Resenha por Dirceu Alves Jr.

Obra-prima do irlandês Samuel Beckett  (1906-1989), Esperando Godot é frequente objeto de citações de diretores-cabeças e, sem trégua, ganha montagens pelos palcos afora — uma outra, lançada em abril, também pode ser vista na cidade, no Teatro Faap.  Quase sempre, a proposta vem mergulhada em um pessimismo que não impacta tanto o espectador já experiente em relação ao texto. Dirigida por Elias Andreato, a nova versão da tragicomédia carrega um diferencial: o infinito atraso do personagem do título aproximou os mendigos Estragon e Vladimir (interpretados respectivamente por Andreato e Claudio Fontana) e, dessa intimidade, a dupla tira forças para seguir adiante no desgastante objetivo de aguardá-lo. Enquanto divagam, contam piadas, brigam, fogem um do outro e retornam à estrada, os dois cruzam com novos personagens — o carrasco Pozzo (papel de Raphael Gama), o escravo Lucky (Clovys Torres) e um  mensageiro (Guilherme Bueno). A companhia de um ao outro, no entanto, é suficiente e, como em um casamento, Estragon e Vladimir desafiam o tempo em nome da rotina. Em uma trilha clownesca, Andreato sublinha as tiradas espirituosas, enquanto Fontana, introspectivo, opta por um caminho delicado e poético. Estreou em 9/9/2016.

    info
  • Direção: Elias Andreato
  • Duração: 80 minutos
  • Recomendação: 12 anos
  • Ano: 2016
Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.