Construções Sensíveis

VejaSP
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Julia Flamingo

A partir dos anos 30, diversos artistas latino-americanos engajaram- se numa produção aliada a geometria, matemática e simplificação das formas. Movimentos como os de arte concreta, neoconcreta, cinética e óptica surgiram em diversos países num período que se arrastou até a década de 70. Esse estilo é conhecido hoje como abstração geométrica. Ella Fontanals-Cisneros, colecionadora nascida em Cuba e criada na Venezuela, é apaixonada pelo tema. Há quase cinquenta anos ela vem amealhando peças — hoje já tem 2 600. Trata-se da mais importante coleção do período. A mostra Construções Sensíveis apresenta uma seleção de 124 trabalhos do acervo, assinados por mais de sessenta artistas. A exposição elegante é montada de maneira a mostrar as conexões entre nomes de peso de várias tendências e países. A divertida obra de bolinhas Acrylic Lens, do argentino Rogelio Polesello, e a deslumbrante instalação Vilos, do cubano Gustavo Pérez Monzón, são os destaques internacionais. Representam o Brasil artistas como Lygia Clark, Mira Schendel e Lygia Pape. Até 18/6/2017.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s