Gente

Zilú Camargo: "Antes, eu me achava a pior pessoa do mundo"

Ex-mulher de Zezé Di Camargo diz que superou o trauma da separação com ajuda de grupo de terapia neurolinguística

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

"Estava recolhida em mim mesma, achando que eu era a pior pessoa do mundo." A afirmação é de Zilú Camargo, que tem buscado em um grupo de terapia neurolinguística a ajuda necessária para superar o trauma da separação de Zezé di Camargo. "Não me encontrava de jeito nenhum. Agora, pode ter certeza que estarei doando o melhor de mim para ajudar outras pessoas a serem resgatadas, assim como eu fui", afirma.

Com o gesto "L", de "love",  ela tem ajudado a divulgar a Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional. Há aproximadamente dois meses, ela participou de um workshop intensivo de três dias consecutivos em um hotel fazenda em Guararema, a 81 quilômetros da capital, e desde então ouve palestras semanalmente em um grupo denominado Centro Emocional.

+ Veja como foi a festa de casamento de Rodrigo Scarpa e Gabi Baptista

“A Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional me ajudou a me reencontrar e reprogramar meus medos e minhas inseguranças”, disse ela. A empresária passa por um período turbulento desde 2010, quando terminou seu casamento de 30 anos com o cantor Zezé Di Camargo.

A situação piorou em junho, quando o ex-marido assumiu o namoro com a jornalista Graciele Lacerda, com quem se relaciona há nove anos. Os três trocaram farpas por meio das redes sociais. Na mesma época, Zilú terminou um relacionamento de três meses com o cantor sertanejo Zé Henrique.

+ Confira as principais notícias do dia

Fonte: VEJA SÃO PAULO