Cidade

Viaduto Santo Amaro é liberado para o trânsito

Via teve que ser reformada após incêndio provocado por acidente entre dois caminhões há cerca de sete meses 

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Bandeirantes - Viaduto Santo Amaro
Viaduto Santo Amaro: mais de seis meses de reforma (Foto: Luiz Claudio Barbosa/Código19/Folhapress)

O Viaduto Santo Amaro foi totalmente liberado para o trânsito por volta das 4h desta terça-feira (6), após cerca de seis meses de reforma para recuperar a estrutura afetada por incêndio provocado pelo acidente entre dois caminhões, em 13 de fevereiro. Estava permitida apenas a passagem de ônibus e táxis por cima do viaduto, enquanto a prefeitura realizava a obra. A previsão inicial era entregar a obra no dia 30 de agosto. 

De acordo com a secretaria de Infraestrutura Urbana e Obras, ainda falta instalar gradil nas laterais do viaduto e, por isso, a passagem de pedestres continua proibida. A iluminação e a instalação de postes também estão em fase de finalização e devem ser instaladas nas próximas semanas. 

A principal mudança na estrutura foi a ampliação da altura máxima de 4,40 metros para 5,60 metros. 

Além disso, o vão central entre as pistas, onde havia uma passarela abandonada habitada por moradores de rua, foi transformado em mais uma pista de rolamento. 

O viaduto foi construído em 1969 e já vinha passando por obras para erguer sua altura quando ocorreu o acidente. A estrutura vinha sendo revestida com fibras de carbono para aguentar melhor o impacto dos caminhões que trafegam na parte de baixo, mas tudo foi queimado no dia do acidente.

Para fazer a reforma, a prefeitura teve de elaborar um laudo em que comprovou não ser necessária a demolição. Isso diminuiu de dois anos para seis meses a previsão de entrega da obra. 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO