Consumo

As Boas Compras: artigos curiosos publicados na coluna

Para celebrar os 30 anos de VEJA SÃO PAULO, resgatamos itens e tendências que não vingaram, a exemplo da jaquetochila e da pá rainha elizabeth

Por: Redação Veja São Paulo - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Presente na revista desde as primeiras edições, a seção As Boas Compras tornou-se referência em consumo. Mas nem todas as tendências e apostas vingaram, a exemplo da jaquetochila, da pá rainha elizabeth e de outros artigos curiosos publicados na coluna.

+ Le Creuset abre primeira loja própria em São Paulo

Navegue pela galeria de fotos acima e relembre itens inusitados que já estamparam as páginas da revista.

1. A incrível jaquetochila

Em 1986, a Nautik lançou a peça que prometia revolucionar o guarda-roupa masculino. Quando a jaqueta era vestida, a mochila ficava escondida numa abertura no zíper das costas. Do contrário, era a jaqueta que entrava todinha na mochila. Rapidamente, a invenção saiu de linha.

2. Pendurando as chuteiras

Vejam que ideia “incrível” publicada em 1988: um cabide para guardar os tênis pendurados no quarto.

3. Air guitar

O que pode dar um cruzamento de Jimi Hendrix com Michael Phelps? Uma guitarra de 1988 para usar até debaixo d’água.

4. Tranqueira real

Esta maravilhosa pá rainha elizabeth, de 1988, “vai muito bem pendurada no bar, como as canecas, mas também pode servir como cinzeiro”.

5. Sai, encosto!

“Eis um belo design de cadeira. Chique, ela pode ficar bem em qualquer ambiente, especialmente no quarto.” A melhor parte: não é apenas um assento, mas também um biombo. Imagine, no ano de 1988, esconder-se atrás deste encosto-muralha.

As Boas Compras - Vejinha 30 anos
Máscara de elefante, de 1991 (Foto: Paulo Vainer)

6. "Para se divertir em casa"

O que dizer desta máscara de elefante de 1991 cuja tromba de borracha “sobe e desce” quando se puxa uma cordinha? A recomendação era usar tanto ”noCarnaval” quanto “para se divertir em casa”.

7. Me abanem, por favor

“Um jeito bonito de expor os talheres num jantar americano.” Achou que era dos anos 1980, não? Errou: década de 90.

8. Siga aquele pato

“E se de repente acaba a luz? Este armarinho em estilo country pode ser a solução para ter velas e fósforos ao alcance das mãos.” O produto é de 1991. Faltou explicar como acharo negócio durante uma emergência cega (rs).

9. Mistureba fashion

É uma capa de liquidificador? Uma colcha de comunidade hippie? Não, apenas “um colete de lã pura na onda do patchwork”. Um desconto à confusão de estilos: estávamos em 1994...

10. Nas alturas

A peça é desdobrada para virar uma escada de quatro andares. Claro, pois, em pleno ano de 1986 ser “dois em um” era o máximo. Nome inevitável para a obra-prima: cadeira ki-ideia.

11. "Peça de arte"

Este desentupidor de pia de polietileno chegou ao mercado no fim dos anos 1990 com pretensões maiores. “Parece peça de designer”, exagerava o texto da descrição do produto. Ele custava 2 reais na época.

Fonte: VEJA SÃO PAULO