Passeios

Cães, gatos e outros bichos que inspiram de bares a centros culturais

Conheça restaurantes, cafés, bares e centros culturais que se inspiram em cachorros, gatos, vacas e outros animais para criar a decoração e até o cardápio

Por: Anna Carolina Oliveira - Atualizado em

Cão Véio
Cão Véio: decoração e nomes dos pratos que lembram o melhor amigo do homem (Foto: Leandro S.A.)

Bichos de todos os tipos estão em alta em diversos endereços paulistanos. Não estamos falando de pet shops, creches para cães ou botecos e restaurantes pet friendly. São bares como o recém-aberto Cão Véio, em Pinheiros, que até o início de fevereiro funciona em esquema de soft opening _mas já tem filas de espera na porta.

Lá, até o lema está relacionado ao melhor amigo do homem, "alta fidelidade até o osso". Imagens de cães se espalham pelas paredes, mas a influência canina não para por aí. No cardápio do almoço, os pratos recebem nomes de raças de cachorro, como o filé de pargo ao sour cream batizado como husky siberiano.

Casa de Maria Madalena
"O Latido": um dos painéis divertido da Casa de Maria Madalena (Foto: Mario Rodrigues)

Outro amigo dos peludos é a Casa de Maria Madalena. O nome do local, aliás, é uma homenagem à cadela border collie do proprietário, Daniel Lara Espíndola. Assim como o Cão Véio, esse bar-balada decora o salão com cãezinhos estampando painéis divertidos, como O Latido, inspirado no famoso quadro O Grito, de Edvard Munch. Para completar, a casa é pet-friendly.

No mesmo estilo "amigo dos pets", o centro cultural Matilha tem uma programação que inclui exposição, mostra de cinema, show e por aí vai. O diferencial é que, em todos esses eventos, as pessoas podem ir acompanhadas de seu companheiro de coleira. Há também mostras cuja temática são os cães e, é claro, um cachorro é o logotipo do espaço.

Sanrio Café - Hello Kitty
Sanrio Café: docinhos que são literalmente a cara da gatinha (Foto: Divulgação)

Os gatos não são tão presentes na "balada" como os cães, mas também servem como inspiração para decorações fofas, como o Sanrio Café. Ali, da mesa ao papel de parede, todos os itens levam a carinha da gata Hello Kitty, bem como os doces inspirados na personagem. Clássica no Largo do Arouche, a cantina O Gato que Ri tem um lindo gatinho como símbolo, que estampa também mesas, guardanapos etc.

SIGA LA VACA
Siga La Vaca: estampas do animal por todos os lados (Foto: Divulgação)

As vacas também surgem como tema, por exemplo, no Siga La Vaca, um mix de bar, restaurante e videokê. A estampa com manchas pretas aparece no abajur, banquinho e papel de parede. Estátuas da "mimosa" decoram o espaço externo.

Conhece outros endereços com temática animal? Clique abaixo em "comente" e deixe a dica.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO