Mistérios da Cidade

Taxista transforma carro em verdadeira balada

Kumbica, como é conhecido, equipou automóvel com luz negra, buzina com frases divertidas e até GPS desbocado

Por: Maurício Xavier [com reportagem de Carolina Giovanelli, Cristiane Bonfim, Danila Moura e Flora Monteiro] - Atualizado em

Kumbica - Mistérios da Cidade
Lindolfo Pereira da Silva, o Kumbica: samba em francês (Foto: Lucas Lima)

O táxi de Lindolfo Pereira da Silva não passa despercebido no mar de automóveis de São Paulo. Há dois anos, o profissional com ponto no Hospital das Clínicas transformou seu carro, que batizou de “Stiloso”, em uma verdadeira balada: tem luz negra, bancos coloridos, buzina com frases divertidas, trilha sonora com samba em francês (?!?!) e até um aparelho GPS que solta palavrões quando ele erra o caminho. “Sofri seis derrames e resolvi levar a vida com mais humor”, diz o highlander da praça, cuja predileção pela cor vermelha fica evidente em suas roupas e nos acessórios do veículo, como tapetes, almofadas de coração e cintos de segurança.

Kumbica, como é conhecido (em alusão ao aeroporto, para onde fez várias corridas no início da carreira), trabalha na área desde os anos 70 e estreou no volante como motorista do cantor Roberto Carlos. “Eu circulava pela Rua Augusta em um Cadillac”, lembra. Recentemente, conduziu o humorista Marco Luque e a modelo Gisele Bündchen. “Ela me deu uma ideia ótima: deixar um caderno no carro para os famosos escreverem uma dedicatória.”

Fonte: VEJA SÃO PAULO