Polícia

Após calote na capital, ex-dona do Spa Hara abre salão de beleza no interior

Em estabelecimento simples inaugurado em julho deste ano, Ana Hara e o marido oferecem serviços de estética e beleza. Cobram até 200 reais por uma sessão de drenagem linfática

Por: Marcus Oliveira - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Quase um ano depois de deixar suas funcionárias e clientes no prejuízo, Ana Luisa Massardi, conhecida como Ana Hara, está de volta ao mundo da beleza. Famosa por cuida do corpo da apresentadora Ana Maria Braga, da atriz Ellen Rocche e de outras personalidades, a empresária oferece agora suas massagens ao lado do marido, o hair stylist Fernando Hara, em um salão localizado em Itu, a cerca de 100 quilômetros da capital.

+ Ex-funcionários do Hara Spa mostram fotos do local depredado

Em dezembro de 2013, Ana anunciou que fecharia as portas do spa do qual era dona, o Hara, um dos maiores templos de relax da elite paulistana na Avenida Europa, nos Jardins. Por meio de um comunicado enviado por e-mail a sua lista de contatos VIPs, ela revelou que o estabelecimento não reabriria após o recesso de final de ano por causa das dívidas que acumulava. "Drenem as mágoas e vamos seguir nossas vidas. Lembrem dos momentos bons nestes vinte anos de Hara. Me deixem recomeçar. Sobreviver", dizia o recado.

No entanto, a empresária havia cobrado antecipadamente pacotes de tratamentos estéticos de suas clientes. Inclusive, acabara de encerrar uma promoção onde quarenta sessões poderiam ser compradas ao custo aproximado de 3 500 reais. As funcionárias do spa de luxo também não haviam sido notificadas sobre a demissão e souberam por meio das próprias clientes sobre o modelo.

Novo Salão Ana Hara
Novo salão de Ana Hara e seu marido Fernando montado na cidade de Itu (Foto: Portal www.itu.com.br)

Esquecendo "as mágoas", Ana e o marido Fernando abriram em julho deste ano no interior um salão de beleza onde vendem um tratamento "feito sob medida, com privacidade e conforto", diz o site do local. O empreendimento em nada lembra o antigo Spa Hara - a não ser por parte dos móveis, como mesas, cadeiras, armários, espelhos, e itens decorativos, a exemplo de um elefante de gesso, que já figuraram ns corredores da antiga clínica da capital.

No espaço em Itu batizado de Taylor Made Beauty Services, todo o trabalho é realizado pelos próprios donos, "dispensando a presença de funcionários". Inclusive, eles mesmos fazem o agendamento das sessões por telefone.

Nas prateleiras, os produtos de marcas famosas, como Senscience e MAC, tentam seguir a linha luxuosa do Hara. Já os preços são menos salgados. Um corte de cabelo masculino, por exemplo, custa 40 reais. Uma sessão de drenagem com Ana vale até 200 reais. As massagens que ajudavam as celebridades a terem o corpo perfeito, agora são feitas em uma pequena sala.

+ Dona do Spa Hara assume calote: "Sou falida, sim. Golpista, nunca"

Antes moradora de uma mansão avaliada em cerca de 1,5 milhão de reais em um condomínio fechado de Itu, a família agora vive em um bairro mais simples e segue fazendo novas dívidas. O colégio Divino Salvador, em Itu, onde os três filhos adotivos do casal estudavam, também foi vítima de um calote. De acordo com uma das funcionárias, as crianças tiveram de ser retiradas das aulas devido à falta de pagamento das mensalidades desde o início deste ano.

Hara Spa
Hara Spa: depredado após seu fechamento (Foto: Arquivo Pessoal)

Quanto aos processos das funcionárias do Hara, mais da metade ainda não recebeu os valores trabalhistas quase um ano após o fim da Hara. Segundo a advogada Bianca Porto da Silva, que atende as 32 ex-empregadas que movem processos contra a empresária, cerca de quinze audiências já foram realizadas. A princípio, o objetivo é liberar os valores bloqueados e regularizar os registros de cada uma delas.

Nas audiências realizadas ao longo do último ano, Ana e seu advogado não compareceram ao tribunal. Desde que o pedido de falência foi aceito pela Justiça, um administrador judicial foi nomeado para rever os bens da empresária. Esse procedimento é feito para negociar o pagamento das dívidas avaliadas em 2,7 milhões de reais deixadas com o proprietário do local onde a clínica funcionava, as funcionárias e os fornecedores.

Enquanto isso, o trabalho em Itu segue a todo vapor. O casal atende diariamente das 9h às 19h e faz questão de publicar as atividades do local e convidar os clientes a conhecerem a "melhor drenagem linfática" em uma página no Facebook. "Visitar o Taylor Made Beauty Services é imergir em um verdadeiro salão de beleza terapêutico, onde a transformação acontece da cabeça aos pés e você conquista a aparência ideal. Faça uma visita!".

A reportagem de VEJA SÃO PAULO entrou em contato com Ana e Fernando por telefone, mas o casal não quis dar entrevistas.

Fonte: VEJA SÃO PAULO