Educação

Oito sites para se preparar para vestibular e Enem

Plataformas de ensino virtual conquistam estudantes com videoaulas, simulados e correção de redações

Por: Veja São Paulo

shut2
Cursinhos on-line: acesso a conteúdo a videoaulas e outros serviços a partir de 12,49 por mês (Foto: )

Neste ano, mais de 8,5 milhões de estudantes se inscreveram no Enem, que acontece entre os dias 24 e 25 de outubro. Em tempos de crise, os cursinhos on-line tem se tornado uma opção vantajosa para vestibulandos que querem economizar tempo e dinheiro. Há pouco mais de um mês dos principais processos seletivos do país, listamos os principais sites para quem quer chegar afiado na sala de provas

+ Quanto custa estudar nas melhores escolas da capital?

+ 10 aplicativos que auxiliam nas finanças pessoais

YouTube EDU

youtube-edu
youtube-edu (Foto: )

O canal agrega os vídeos sobre educação mais populares da rede. Para garantir a qualidade, uma equipe de dezesseis professores analisa rigorosamente cada aula antes que esteja disponível. No ar desde 2013, o YouTube EDU reúne mais de 8 000 horas de aula em português e, o melhor, tudo grátis. Por enquanto, o serviço oferece conteúdos do ensino médio, mas terá aulas para ensino fundamental e superior em breve.

Stoodi

stoodi
Abertura de uma aula de física do Stoodi: conteúdo com bom-humor (Foto: YouTube)

Fundada em 2013, a plataforma  aposta na linguagem informal dos cursinhos para prender a atenção dos mais de 100 000 usuários. O acervo do site reúne vídeos sobre matemática, física, português, química, biologia, história e geografia, além de um serviço de redação que devolve os temas corrigidos em até sete dias. Os planos custam a partir de 12,49 reais ao mês

Academia Khan

khan
Na Academia Khan, aulas com o 'melhor professor do mundo' traduzidas para o português (Foto: )

A versão brasileira do projeto criado pelo professor Salman Khan traduz as aulas do mestre americano e disponibiliza exercícios interativos em português.  Há um sistema que distribui pontos e medalhas conforme o desempenho do aluno. Além dos conteúdos da grade escolar, a Khan Academy oferece cursos livres de temas como programação, economia e história da arte, totalmente grátis.

Biologia Total

paulo jubilut
(Foto: Divulgação)

A plataforma criada pelo professor Paulo Jubilut reúne as videoaulas que o tornaram famoso no YouTube. Boa parte do material é gratuito, mas acesso a simulados é restrito a usuários premium. As aulas estão dividas por temas específicos, como citologia, plantão tira-dúvidas dos conteúdos e uma sessão com dicas para se preparar fisica e emocionalmente para as provas. Em promoção, o plano de um ano sai por 129,90 reais ao mês.

Descomplica

Marco-Fisbhen-20110622094147
Marco Fisbhen, fundador do Descomplica. (Foto: Reprodução)

A plataforma de educação do país foi lançada em 2011 pelo professor Marco Fisbhen, que largou as salas de aula tradicionais para filmar a si mesmo dando lições sobre física. Como estratégia, o Descomplica contrata os professores mais carismáticos dos cursinhos. Entre os destaques, o site tem uma seção dedicada especialmente para vestibulandos de medicina e as aulas ao vivo, nas quais estudantes podem tirar dúvidas via chat, em tempo real. As mensalidades variam de 12,99 reais a 24,99 reais. 

Me Salva!

andorffy
Miguel Andorffy, criador do 'Me Salva!': aulas com mais de 500 mil espectadores por mês (Foto: Reprodução)

No ar desde 2012, o site nasceu com a missão de oferecer lições de cálculo para alunos 'pendurados' de forma clara e acessível. Com vídeos de até dez minutos e abordagem divertida, estudantes de diversas áreas explicam temas cabeludos, como química orgânica e mecânica dos sólidos, em até dez minutos. O custo mensal para ter acesso ao conteúdo completo varia de 28 reais a 40 reais.

Kuadro

kuadro-divugação
Lucimara e Bruno Werneck, do Kuadro: casal abandonou as salas de aulas para fundar a empresa (Foto: Karime Xavier/Folhapress)

Criada para ajudar estudantes de escola pública a se aplicarem para o vestibular, a plataforma gratuita traz aulas baseadas na bibliografia indicada pelo MEC. O diferencial do Kuadro está a troca de conhecimento entre os alunos, que são estimulados a responderem as dúvidas uns dos outros nos fóruns de discussão do site.

FGV - Ensino Médio Digital

A plataforma da Fundação Getúlio Vargas oferece material complementar aos conteúdo do ensino médio. O site reúne videoaulas de todas as disciplinas da grade curricular separadas por área. O design é divertido, com personagens animados que guiam os alunos pelo conteúdo. Aristóteles, por exemplo, ensina matemática, Machado de Assis, português e Max Weber, sociologia.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO