Vale a viagem

São Roque: para passar um dia ou o fim de semana inteiro

Pacote de atrações da cidade inclui um parque que recria as atividades de uma estação de esqui, vinícolas e até um outlet no meio do caminho

Por: Victoria Khatounian - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Não é preciso percorrer grandes distâncias para trocar o corre-corre da metrópole por um típico clima de cidade interiorana. Localizada a pouco mais de 60 quilômetros de São Paulo, São Roque recebe de 6 000 a 10 000 visitantes por mês, muitos deles oriundos da capital. Dois caminhos levam até o município: as rodovias Presidente Castelo Branco (SP-280) e Raposo Tavares (SP-270). Para os que escolhem a Castelo, a primeira atração surge antes mesmo de entrar na cidade. Trata-se do Catarina Fashion Outlet, que reúne mais de 100 lojas, a maioria de grife e com descontos que fazem a viagem valer a pena.

Dentro de São Roque, as alternativas de diversão são variadas e servem para toda a família. No conhecido Roteiro do Vinho, encontra-se um apanhado de 31 estabelecimentos distribuídos por três vias. A produção vinícola da região começou no século XVII, quando imigrantes portugueses passaram a cultivar videiras às margens dos rios Carambeí e Aracaí, e teve continuidade com os imigrantes italianos, que chegaram dois séculos depois. Hoje, a estância comercializa 18 milhões de litros de vinho por ano – a maior parte de vinhos de mesa.

Para quem vai com as crianças, a cidade com cerca de 70 000 habitantes oferece dois programas interessantes: o Ski Mountain Park, que conta com pista de esqui e outras atividades, e a Fazenda Angolana, onde os pequenos entram em contato com animais. Locais para ver a cidade de cima, construções históricas e também hotéis charmosos, daqueles perfeitos para quem quer curtir o fim de semana em clima de romance e natureza, completam as dicas do roteiro a seguir:

1. Catarina Fashion Outlet: aberto em outubro de 2014, o complexo de 24 000 metros quadrados e 1 000 vagas gratuitas de estacionamento abriga 105 lojas de grifes nacionais e internacionais. Os descontos variam de 30% a 80%. Marcas como Burberry, Ellus, Michael Kors, Cris Barros, Carolina Herrera, Forever 21, Osklen, Montblanc, Ermenegildo Zegna, Dolce & Gabbana, Tory Burch e Mixed dividem espaço com lojas de decoração e artigos para casa, entre elas Artefacto, Depósito Santa Fé, Spicy, Trousseau, Cecilia Dale, Natuzzi Editions e Mundo do Enxoval. Endereço: Rodovia Presidente Castelo Branco, quilômetro 60 | Horário: 10h/21h (seg. a qui.); 10h/22h (sex.); 9h/22h (Sab.); 9h/21h (dom. e feriados) |Telefone: 4130-4800.

São Roque
Catarina Fashion Outlet: corredores espaçosos ao ar livre (Foto: Victoria Khatounian)

2. Rancho 53: também na Castelo Branco, na ida para São Roque ou na volta, vale estacionar e gastar um tempo para se aventurar pelo empório do local. Além de tentadores doces lusitanos, encontram-se itens como o presunto pata negra (R$ 699,00 o quilo) e 900 rótulos de vinhos portugueses, como o Herdade do Esporão Reserva 2012 (R$ 195,00). Se for hora de almoço ou jantar, melhor ainda: basta se acomodar e provar uma das dezesseis receitas de bacalhau, todas feitas com o pescado do tipo Gadus morrhua. Duas pessoas podem dividir as postas do peixe preparadas no forno com batata, brócolis, pimentão, cheiro-verde, ovo, cebola e alho. O prato, acompanhado de arroz, custa R$ 210,00. Endereço: Rodovia Presidente Castelo Branco, quilômetro 53 | Telefone: 4136-1381. www.rancho53.com.br

3. Fazenda Angolana: essa talvez seja a melhor atração da cidade para as crianças. A fazenda de 168 000 metros ocupa uma área reflorestada pelo proprietário na década de 1980. Afora uma trilha, há parquinho e minizoo com porcos, cabras, pôneis, galinhas, coelhos, pavões e pássaros exóticos. Para aplacar a fome da garotada, que não demora a chegar, o lugar conta com uma cafeteria e dois restaurantes. Endereço: Estrada da Angolana, 257 | 4711-1179 | Entrada: R$ 7,00. www.fazendaangolana.com.br ok

São Roque
Porquinhos da Fazenda Angolana: atração para a garotada (Foto: Divulgação)

4. Brasital Cultural: construídos em 1890, os prédios antigos ocupam uma área verde de 100 000 metros quadrados, onde existia uma fábrica têxtil. Atualmente ali funciona uma biblioteca pública municipal e um centro cultural, onde são realizados cursos de música, artes cênicas, artes plásticas, dança e outras atividades. Há também uma trilha ecológica de 2,5 quilômetros, cercada de Mata Atlântica e chamada de Caminho das Águas por conta dos canais que cruzam o percurso. Endereço: Avenida Aracaí, 250 | Telefone: 4784-3076.ok

5. Igreja Matriz de São Roque: a primeira igreja, construída no século XVII no estilo colonial barroco, passou por várias reformas até que, em 1937, deu lugar à atual. Seu interior é todo decorado com pinturas dos irmãos Pietro e Ulderico Gentili, imigrantes italianos. Endereço: Praça da Matriz, s/n° | Telefone: 4712-2377. ok

6. Roteiro do Vinho: no total, há 31 estabelecimentos localizados em três vias: Estrada do Vinho, Estrada dos Venâncios e a Rodovia Quintino de Lima. Ao longo de 10 quilômetros da Estrada do Vinho, estão os mais interessantes. Fundada em 1938 pelo casal Benedito e Maria das Dores, a vinícola Góes (Telefone: 4711-3501) é a mais famosa e também a única que cultiva, na própria cidade, uvas cabernet sauvignon. Nos fins de semana, é possível fazer o passeio de 1h30 (R$ 25,00 por pessoa) que termina com a degustação de cinco vinhos da marca. As lojas das vinícolas Palmeiras e Canguera também valem a visita. www.roteirodovinho.com.br

São Roque
Rótulos da Góes: de vinhos de mesa a vinhos finos, feitos com uvas vitiviníferas (Foto: Victoria Khatounian)

7. Cantina Tia Lina: é a melhor opção para quem está pela Estrada do Vinho na hora do almoço. Com salão espaçoso e toalhas quadriculadas sobre as mesas, serve pratos fartos e descomplicados. As massas, feitas ali mesmo, costumam ganhar a companhia de produtos locais. Especialidade da casa, o rondelli de quatro queijos com molho rosé e pedaços de alcachofra custa R$ 70,90, para duas pessoas. Endereço: Estrada do Vinho, quilômetro 10,4 | Telefone: 4711-2018. www.cantinatialina.com.br ok

8. Ski Mountain Park: a 1 200 metros do nível do mar, o parque recria, nas devidas proporções, uma estação de esqui. O visitante estaciona o carro em um nível mais baixo do parque (R$ 20,00) e sobe de trenzinho (grátis). No alto, em uma pista de polietileno, é possível praticar esqui e snowboard. Tobogã, teleférico, arvorismo, passeios a cavalo, paintball, torre de alpinismo, tirolesa, arco e flecha e playground fecham o pacote de atrações. O passaporte (R$ 79,80, a partir de 7 anos; R$ 59,50 para crianças de 4 a 6 anos) inclui a maior parte das atividades. Algumas delas, como passeio a cavalo (R$ 30,00), são cobradas à parte. Endereço: Estrada da Serrinha, s/nº | Telefone: 4712-3299. www.skipark.com.br ok

São Roque
Ski Mountain Park: pista para a prática de esqui ou snowboard (Foto: Divulgação)

9. Vila Don Patto: o complexo de 40 000 metros quadrados possui um restaurante especializado em comida portuguesa, cafeteria, sorveteria, empório, adega, fazendinha, playground e uma pista off-road. Em quase todos os fins de semana há alguma atração extra, como encontro de clubes de carros e motocicletas e até voos cativos de balão. Nessa “modalidade”, o balão fica preso por uma corda e atinge altura máxima de 15 metros, o que permite ter uma vista panorâmica da cidade. Endereço: Estrada Sorocamirim, quilômetro 2,5 | Telefone: 4711-3001. www.viladonpatto.com.br ok

10. Avenida Antonino Dias Bastos (Marginal): para os que escolhem se hospedar na cidade, é bom saber que a maior parte dos bares da cidade fica nesta avenida. Como anuncia em seu nome, o Santa Costela (Telefone: 4712-8022) tem como especialidade a costela bovina, assada no bafo por cerca de trinta horas. Com decoração retrô, composta de objetos antigos e capas de disco, o Botequim Santo Divino (Telefone: 4713-1279) serve frango a passarinho desossado com molho barbecue (R$ 28,00) para acompanhar as boas cervejas da carta, entre elas a Guinness (R$ 22,90) e a Vedett Extra Ordinary IPA (R$ 22,90, 330 mililitros).

11. Morro do Saboó: tem mais de 1 000 metros de altitude e pode ser avistado ainda da Rodovia Presidente Castelo Branco. Para chegar até lá, pegue a saída 54-B no sentido capital/interior e siga em direção a São Roque – a placa de acesso surge depois percorrer mais ou menos 5 quilômetros. Uma pista asfaltada, seguida por um pequeno trecho de terra, leva até o pé do morro. Daí em diante, deve-se caminhar por cerca de meia hora para chegar ao topo do mirante. Quem encara o desafio é recompensado por uma vista deslumbrante. Além de São Roque, dá para observar as cidades vizinhas Mairinque e Araçariguama. ok

 

+ ONDE FICAR

Alguns hotéis de São Roque são de encher os olhos, daqueles em que dá vontade de prorrogar a estadia. Dois deles ficam na Vila Darcy Penteado, bairro mais afastado do centro, em meio à natureza.

O charmoso Villa Rossa (Rua Cora Coralina, 350, acesso pelo quilômetro 55 da Rodovia Raposo Tavares | Telefone: 4713-5500) fica instalado em uma reserva de Mata Atlântica. Com diárias a partir de R$ 898,00 o casal, com pensão completa, o local conta com pista de corrida, campo de futebol, trilha, lago e um agradável bosque com redes. 

Mais aconchegante, o Quinta dy Engenho (Estrada da Fonte, 800, acesso pelo quilômetro 55 da Rodovia Raposo Tavares | Telefone: 4714-0760) tem decoração rústica e quartos com sacada, que vez ou outra são visitadas por macacos e tucanos. As diárias, também com pensão completa, começam em R$ 908,00. 

Para uma hospedagem mais em conta, há a Pousada Ventos de Outono (Estrada do Vinho, quilômetro 9 | Telefone: 4711-2360), única opção na Estrada do Vinho. Com café da manhã, a diária para duas pessoas sai a partir de R$ 280,00.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO