Baixada

Santos: um guia para curtir a maior cidade do litoral paulista

Destino recorrente dos paulistanos, a cidade reúne praias, museus e atrações infantis, além de ótimos bares e restaurantes

Por: Bárbara Öberg - Atualizado em

Pouco mais de setenta quilômetros separam a capital, São Paulo, da cidade de Santos. Não importa se o visitante tem apenas um único dia, um fim de semana ou um período mais longo: as atrações por lá são muitas e bem variadas. O ponto de partida pode ser a praia, uma única enseada com sete quilômetros de extensão, dividida por sete canais e em boa parte acompanhada de um vistoso jardim a céu aberto. Quem não conhece a maior cidade litorânea do estado ou não esteve lá nos últimos tempos, certamente se surpreende ao ver os quiosques novos e modernos, que começaram a ser instalados ao longo de todo o calçadão no final de 2012.

 

Também cheira a novidade o Aquário Municipal, reformado dois anos atrás, e o Museu Pelé, que abriu as portas às vésperas da Copa do Mundo de 2014. No Centro Histórico, o passeio pela região pode ser feito a pé ou a bordo do bondinho, que se tornou um ícone turístico da cidade.

Para boas compras e comer bem, o tour deve incluir ainda o Gonzaga, movimentado bairro que concentra grande parte do comércio da cidade. Ali o visitante encontra três shoppings, os melhores hotéis, cinemas, bares, restaurantes e muitas lojas. A maioria fica disposta pela principal e mais movimentada avenida da região, a Ana Costa, que liga dois pontos importantes da cidade: a Praça da Independência (onde são comemoradas as vitórias do Santos Futebol Clube) e a Praça das Bandeiras.

Quem visita Santos com mais tempo também pode dar uma esticada até o Guarujá – basta pegar a balsa para encontrar belas praias e uma vida noturna agitada.

Confira a seguir o melhor de Santos em 27 sugestões

Santos
Deck do Pescador: ponto ideal para assistir o pôr do sol (Foto: Divulgação/SETUR)

No mar ou bem pertinho dele

Parque Municipal Roberto Mário Santini: a plataforma do emissário submarino, que avança 400 metros mar adentro, abriga um parque municipal. Há pista de skate, ciclovia, playground e arquibancada para 600 pessoas junto ao quebra-mar. O espaço também costuma receber eventos, como o Festival de Música Clássica.  Impossível não admirar (e fotografar) o monumento da artista plástica Tomie Ohtake, que tem 15 metros de altura. Endereço: Avenida Presidente Wilson, s/nº | Telefone: 13 3225-1641 | Grátis.

Jardins da orla: idealizado pelo engenheiro Saturnino de Brito, o jardim que margeia a praia acabou consagrado em 2002 pelo Guinness World Records como maior em extensão do mundo. São 5335 metros, ladeados por ciclovia e recheados de belos canteiros. Eles exibem cerca de noventa espécies, como os lírios amarelos e brancos, os biris vermelhos e os crisântemos.

Ciclovia: com cerca de 40 000 metros de extensão, as vias exclusivas para bicicleta interligam as praias ao centro histórico da cidade, a divisa de São Vicente à área do Porto e a zona leste à zona noroeste. Quem não tem a sua própria “magrela” pode alugar uma nas estações do sistema Bike Santos; os primeiros 45 minutos do passeio são de graça. Telefone: 13 4003-9890 | mobilicidade.com.br/bikesantos

Deck do Pescador: a construção, que avança 35 metros sobre o mar e tem 70 metros de extensão, reúne não só pescadores, mas também pessoas atraídas pelo pôr do sol nos fins de tarde e pela bela vista da baía de Santos.  Endereço: Avenida Bartolomeu de Gusmão, em frente ao n° 192 | Telefone: 13 3201-8000

Feirart: aos sábados, das 16h às 20h, a orla da praia do boqueirão abriga uma tradicional feira de artesanato, onde o visitante encontra toda a sorte de quadros, bijuterias, roupas, enfeites, acessórios, artigos de decoração e comidinhas. Com cerca de 240 expositores, a feirinha muda de endereço aos domingos e vai para a Avenida Conselheiro Ribas, em frente ao SESC, no bairro da Aparecida.

Passeio de escuna na baía de Santos: recomendado pela maioria dos santistas, o passeio com saída da Ponte Edgard Perdigão sai de hora em hora. O roteiro de 1h30 pelo mar passa pela Fortaleza da Barra, pela praia do Góes e pela Ilha das Palmas, com pausa de 15 minutos para um mergulho. O trajeto, acompanhado por um guia, é finalizado com uma visita ao porto de Santos. Endereço: Ponte Edgard Perdigão, s/nº | Ingresso: R$ 30,00 (adultos) e R$ 15,00 (crianças de 4 a 10 anos e idosos acima de 65)

Santos
Café Paulista: o restaurante tradicional do centro histórico manteve inalterados alguns aspectos de sua decoração, como os azulejos da década de 50 (Foto: Bárbara Öberg)

Para comer e beber bem – e ainda curtir a noite

Puerto de Palos: acomodados no salão ou na agradável varanda, os clientes pedem cortes de primeira. O bife ancho e o bife de chorizo (R$ 92,00 cada um), que são entregues em peças de 350 gramas, podem vir com um acompanhamento, que podem ser de legumes grelhados, batata portuguesa, arroz biro-biro ou farofa de ovo. Endereço: Rua Luís de Faria, 64, ou Rua Assis Correia, 81 | Telefone: 13 3289-3394

Último Gole: fundado há mais de três décadas pelo português Orlando Carlos Correia Tavares, o restaurante é famoso por suas receitas de bacalhau. O pescado é usado na elaboração dos leves bolinhos (R$ 4,00 a unidade) e de receitas clássicas. Na versão à zé do pipo, a posta é frita com cebola em bom azeite (R$ 160,00, para duas pessoas). Endereço: Rua Carlos Afonseca, 214 | Telefone: 13 3284-0508

Heinz: o boteco cinquentão é um dos mais antigos da Baixada Santista. Da potente chopeira de seis torneiras sai com frequência o cremoso chope da Brahma (R$ 7,50), bom companheiro para o indefectível canapé de rosbife no pão preto (R$ 36,00). Endereço: Rua Lincoln Feliciano, 104 | Telefone: 13 3286-1875

Mar del Plata: a pedida mais comum no endereço é a meca santista - peixe grelhado com camarões, guarnecido de risoto de pupunha e farofa de banana mais bacon (R$ 169,00, para duas pessoas). Endereço: Avenida Almirante Saldanha da Gama, 137/139 | Telefone: 13 3261-4253

Café Carioca: ao longo de 74 anos, gente da política como Jânio Quadros, Getúlio Vargas e Dilma Rousseff, além de outras personalidades, passaram pelo bar de ambiente simples. Estrela do menu, o pastel pode ser recheado com carne de siri (R$ 6,00 a unidade) e acompanhar o chope Brahma (R$ 8,50). Endereço: Praça Mauá, 1 | Telefone: 13 3219-6318

Café Paulista: o restaurante centenário manteve inalterados alguns aspectos de sua decoração, como os azulejos da década de 50 que compõem imagens da colheita de café. Os clientes costumam pedir a garoupa à guanabara, que é composta por um espeto do peixe grelhado mais risoto de palmito e molho de camarão (R$ 97,00 para duas pessoas). Endereço: Praça Rui Barbosa, 8 | Telefone: 13 3219-5550

Dom Room: no lugar da antiga Seven, a casa noturna costuma receber shows ao vivo de funk, pop e pagode. A entrada varia de R$ 20 a R$ 60. Ampliado recentemente, além da balada o endereço também conta com um bar nos fundos da casa. Endereço: Avenida Senador Feijó, 557 | Telefone: 13 2202-1919

Santos
Aquário Municipal de Santos:o leão-marinho Abaré Inti é uma das principais atrações do parque (Foto: Dilvulgação/SETUR)

Museus e outros programas para ir com a família

Livraria Realejo: a charmosa livraria é ponto de encontro de intelectuais e leitores assíduos. Entre seus frequentadores mais conhecidos, estão Pepe e Coutinho, veteranos do Santos Futebol Clube. Às sextas, a partir das 18h30, o endereço recebe apresentações de chorinho que costumam lotar a calçada. Endereço: Avenida Marechal Deodoro, 2 | Telefone: 13 3289-4935

Fundação Pinacoteca Benedicto Calixto: datado de 1900 e tombado pelo patrimônio histórico do município, o casarão de estilo art nouveau é um dos poucos da orla que não deram lugar a um prédio. A construção, que marca a época áurea dos barões do café na cidade, passou a ser utilizada como fundação em 1992. Do acervo com mais de 200 obras, 62 são de Benedito Calixto, que muito se dedicou a retratar a Baixada Santista. Endereço: Avenida Bartolomeu de Gusmão, 15 | Telefone: (13) 3288-2260 | Grátis.

Museu do café e Cafeteria do Museu: um dos passeios mais bacanas do centro histórico, o museu ocupa o suntuoso edifício em que, no passado, funcionou a bolsa do café. Exposições contam a história do grão, do seu cultivo à comercialização. Vale fazer uma pausa na cafeteria, sete vezes premiada em VEJA COMER & BEBER Litoral Paulista. Endereço: XV de Novembro, 95 | Telefone: 13 3213-1750 | Ingresso: R$ 6,00

Museu Pelé: instalado no antigo Casarão do Valongo, datado de 1867, o museu percorre a trajetória do craque mais icônico do futebol brasileiro. Para tanto, dispõe de um acervo com cerca de 2 500 peças, além de recursos interativos. A mostra “Quatro copas e um rei”, com objetos que remetem à participação do Pelé nas Copas, completa o programa. Endereço: Largo Marquês de Monte Alegre, s/n° | Ingresso: 10,00

Vila Belmiro/Memorial das Conquistas: cenário de jogos clássicos do Santos Futebol Clube, o Estádio Urbano Caldeira, popularmente conhecido como Vila Belmiro, fica aberto para visitas monitoradas nos dias em que não há jogo. O ingresso, que custa R$ 15,00, dá acesso ao vestiário, à sala de imprensa e ao gramado do estádio, bem como ao Memorial das Conquistas, com fotos, taças e faixas que retratam a trajetória do centenário do time. Endereço: Rua Princesa Isabel, s/n° | Telefone: 13 3257-4099

Aquário Municipal de Santos: inaugurado em 1945, preserva 120 espécies de animais marinhos, distribuídas nos 32 tanques. Chamam atenção o leão-marinho Abaré Inti, os pinguins da Patagônia e os tubarões-lixa. Aos sábados, o visitante ainda pode conferir as apresentações de chorinho e samba que acontecem a partir das 18h30 no jardim. Endereço: Avenida Bartolomeu de Gusmão, s/n (Praça Ver. Luiz La Scalla) | Telefone: (13) 3236-9996 | Ingresso: R$ 5,00

Orquidário: o parque se esparrama por uma área de 24 000 metros quadrados que mistura belos jardins e matas nativas onde vivem cerca de 450 animais de setenta espécies. Alguns deles podem ser vistos soltos durante o passeio, como as cutias, os jabutis e os pavões. Como o nome indica, ali são cultivadas mais de 4 000 orquídeas. Endereço: Praça Washington, s/n° | Telefone: 13 3205-2210 | Ingresso: R$ 5,00

Igrejas/Museu de Arte Sacra: a cidade de Santos abriga santuários de diferentes estilos. Em frente à orla da praia, a Basílica Menor de Santo Antônio do Embaré (Endereço: Avenida Bartolomeu de Gusmão, 32 | Telefone: 13 3227-5977) tem sua parte interna decorada por pinturas de Pedro Gentili. Do outro lado da cidade, no centro histórico, fica o Santuário Santo Antônio do Valongo (Endereço: Rua Marquês de Herval, 13 | Telefone: 13 3219-1481), datado de 1640. Não menos interessante, o Museu de Arte Sacra (Endereço: Rua Santa Joana D’Arc, 795 | Telefone: 13 3219-1111 | Ingresso: R$ 5,00), no antigo Mosteiro São Bento, abriga importantes obras da arte sacra, como a imagem de Nossa Senhora da Conceição (1560), considerada a mais antiga do Brasil.

Santos
Passeio de Bondinho: com saídas da Praça Mauá, o passeio de 40 minutos custa 6 (Foto: Divulgação/SETUR)

Para ver a cidade de diferentes ângulos

Passeio de bondinho: o passeio pelo Centro Histórico pode ser feito a bordo de um bondinho, acompanhado de um guia. Com saída da Praça Mauá, o roteiro de 40 minutos passa por pontos históricos, entre eles a Casa da Frontaria Azulejada, os armazéns antigos do porto, a primeira estação de trem do estado e o Conjunto do Carmo. Endereço: Estação Buck Jones, na Praça Mauá | Telefone: 13 3201-8000 | Ingresso: R$ 6,50

Monte Serrat: o segundo morro mais alto de Santos, que se ergue a 157 metros acima do nível do mar, proporciona uma bela vista panorâmica da cidade. O lugar também abriga o Santuário de Nossa Senhora do Monte Serrat, construído em 1609 em homenagem à padroeira de Santos. Para chegar lá, o visitante escolhe entre a escadaria de 402 degraus e o bondinho funicular (R$ 35,00). Endereço: Praça Correia de Melo, 33 | Telefone: 13 3221-5665

Linha Conheça Santos: com saída da Praça das Bandeiras aos sábados, domingos e feriados, de hora em hora, o passeio de micro-ônibus percorre, em 1h40, pontos turísticos da cidade, a exemplo da Pinacoteca, do Aquário e da Vila Belmiro. O ingresso, que custa R$ 10,00, permite três reembarques durante o trajeto.

Guarujá
Thai: o restaurante fica pertinho da praia (Foto: Romero Cruz)

O Guarujá é logo ali

Ao atravessar a balsa, o turista encontra belas praias e uma vida noturna agitada. Confira algumas atrações:

Praias: entre as dez praias da cidade, Enseada, Pitangueiras, Tombo e Pernambuco concentram o agito. Mais reservada, São Pedro costuma receber surfistas e também aqueles que buscam sossego: com cachoeira e uma piscina natural, a faixa de areia tem acesso controlado.

Restaurantes: entre os restaurantes de diferentes especialidades que compõem a cena gastronômica da cidade, dois deles valem a visita. Vencedor da última edição de VEJA COMER & BEBER LITORAL PAULISTA, o Dalmo Bárbaro investe em receitas clássicas com peixes e frutos do mar, como a pescada-cambucu grelhada com alcaparra na manteiga e guarnecida de batata sautée (R$ 212,00 para duas pessoas). Sugestão para um jantar romântico, o igualmente premiado Thai faz parte do complexo gastronômico do Casa Grande Hotel. Um exemplo da culinária tailandesa praticada pela casa é o camarão cozido em leite de coco sobre arroz de jasmim (R$ 94,00).

Baladas: Na alta temporada, Yellow Village, Villa Di Phoenix, Café De La Musique Beach Club, Vive la Vie e Kiss & Fly são os principais destinos da moçada. Em comum, todas elas têm programação dedicada à música eletrônica e costumam segurar a animação até o dia raiar.

 

+ ONDE FICAR

Parque Balneário Hotel – Endereço: Avenida Ana Costa, 555 | Telefone: 3285-6900 | parquebalneario.com.br

Mendes Plaza Hotel – Endereço: Avenida Floriano Peixoto, 42 | Telefone: 3208-6400 | mendesplaza.com.br

Mercure – Endereço: Avenida Washington Luís, 565 | Telefone: 3036-1013 | accorhotels.com

 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO