Conto de fadas

Saiba onde encontrar os personagens famosos da Disney

Confira uma lista de atrações, entre exposição, teatro e cinema, com a fadinha Tinker Bell, Tarzan, Alice e Pinóquio

Por: Redação VEJINHA.COM - Atualizado em

Pinóquio: Uma bela arte
Atração da exposição: sombra de Pinóquio segue o espectador por meio de projeção (Foto: Ivan Dias)

Direto dos livros para São Paulo, cinco personagens que fizeram sucesso nas produções da Disney estão em cartaz na cidade. Meninos e meninas podem encontrá-los em salas de cinema, palcos de teatro e até nos corredores de uma exposição.

Descubra abaixo quais são essas figuras dos desenhos e saiba onde elas podem ser vistas:

 

As crianças que só conhecem o menino de madeira por meio do filme da Disney podem estranhar um pouco esta mostra. Em cartaz no  Sesc Belenzinho, a atração apresenta o personagem da literatura com nove instalações lúdicas — apenas uma não permite a interação do público. Cada obra conta uma passagem do livro escrito pelo italiano Carlo Collodi, desde a construção do boneco de madeira por Gepeto até sua transformação em um garoto de verdade.

Tinker Bell — O Segredo das Fadas
"Tinker Bell — O Segredo das Fadas": animação da Disney (Foto: Divulgação)

O longa que estreou no dia 21 nos cinemas paulistanos conta a história das fadas do verão, que correm o risco de perder as asas caso cheguem ao bosque do inverno. Tinker Bell, no entanto, é muito curiosa e atravessa a fronteira; é quando ganha um brilho extraordinário. Ao se aproximar de Periwinkle, a fada da geada, o efeito se repete. O segredo dessa magia será revelado por Dewey , que conhece a conexão entre as duas.

Alice no País das Maravilhas
Natália Vooren, Helena Cerello e Paula Flaiban: atrizes estão em "Alice no País das Maravilhas" (Foto: Denys Flores)

De volta ao palco do  Teatro Folha, a peça, que prima pelo nonsense, é muito fiel ao livro que dá nome ao espetáculo. Tudo começa quando, sem companhia para brincar, a espevitada Alice (Helena Cerello e Natália Presser, em revezamento) se depara com um coelho, resolve segui-lo e cai em um buraco. Ao chegar ao fundo, a menina encontra seres amalucados. Números circenses, humor pastelão e piadas mais complexas dão o tom da montagem.

 

Os personagens do inglês Lewis Carroll aparecem aqui novamente, mas dessa vez um pouco mudados. Neste musical, Alice (vivida pela atriz Mariana Lilla) já cresceu e se tornou uma adolescente. Ela está no seu quarto quando recebe um chamado do País das Maravilhas a respeito de seu velho amigo, o Chapeleiro Maluco (Pedro Bosnich). Ele precisa da ajuda da garota, pois a mal-humorada Rainha de Copas (Rejani Humphreys) quer a cabeça dele, já que  perdeu a nova coleção de chapéus deka. Com canções, coreografias sincronizadas e um cenário bonito o público sente-se envolvido nessa aventura.

 

Aquela conhecida história do menino que nasceu na selva e foi criado por gorilas é contada no palco do Teatro Maria Della Costa com muita música e cor. O momento de conflito da trama surge quando um grupo de exploradores chega à floresta e Tarzan (Gustavo Malheiros, artista que faz o personagem na fase adulta) se depara com dois mundos, o dos animais e o dos homens. O garoto precisará, então, escolher entre uma vida civilizada e a sua família de criação.

Fonte: VEJA SÃO PAULO