Gente

Russo grava vídeo para criticar a Rede Globo

Ex-assistente de palco ficou indignado por não ter sido lembrado nas comemorações dos 50 anos da emissora

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Russo
Vídeo com a reclamação de Russo começou a circular na internet nessa quarta (29) (Foto: Reprodução)

Antônio Pedro de Souza e Silva, mais conhecido como Russo, gravou um vídeo para manifestar sua indignação por não ter sido lembrado durante as comemorações dos 50 anos da Rede Globo. As imagens começaram a circular na internet na noite dessa quarta (29).

+ Caretas de Ilze Scamparini em especial da Globo rendem piadas

No vídeo, o assistente de palco que se aposentou no ano passado, após trabalhar por 46 anos na empresa, mostra alguns cartazes onde registra sua revolta com o caso.

+ Tudo sobre a festa da novela “I Love Paraisópolis” em São Paulo

+ Ator de "Cidade de Deus" vive na Cracolândia

Ao som da música tema de fim de ano da emissora, Russo começa o vídeo com a seguinte frase: “Parabéns Globo pelos 50 anos”. Na sequência, ele lembra de sua dedicação ao trabalho e diz: “Obrigado por mais uma vez terem se esquecido de mim”.

“Ele estava muito abalado com a situação. Disse que iria até a Globo para reclamar. Eu falei que isso não ajudaria. Então, gravamos o vídeo”, explicou a mulher de Russo, Adriana Mello.

Ela explicou que o vídeo foi gravado na noite dessa quarta (29). “Demorou duas horas para ficar pronto, pois ele estava muito emocionado, chorando.”

Segundo ela, Russo não assistiu ao programa especial em comemoração aos 50 anos da emissora. “Ninguém mais procurou o Russo. Ele amava o trabalho, a Globo. Outro dia ele disse: ‘Se o Chacrinha estivesse vivo, eu não passaria por isso’. Mas a vida é assim.”

Juntos há aproximadamente 15 anos, Adriana e Russo moram em uma casa no bairro de Inhaúma, na Zona Norte do Rio de Janeiro. De acordo com ela, a emissora continua pagando o plano de saúde da família. “Eles vão manter o benefício por cinco anos.”

Em nota, a Rede Globo informou que somente funcionários contratados puderam participar da gravação do programa.

Fonte: VEJA SÃO PAULO