Exposições

Romero Britto inaugura seu maior painel em São Paulo

O artista acaba de chega à cidade para a inauguração da obra de 50 metros quadrados em Poá

Por: Julia Flamingo - Atualizado em

Romero Britto
O novo painel de Romero Britto, em Poá, na Grande São Paulo: o seu maior por aqui (Foto: Divulgação)

Romero Britto acaba de chegar em São Paulo para a inauguração de seu maior painel, na comunidade de Kemel, em Poá. O desenho colorido de uma família embaixo de um guarda-chuva, que remete à proteção, faz alusão à seguradora Zurich, empresa Suíça que fez o convite ao artista. A pintura de 50 metros quadrados foi feita pelas crianças da comunidades e pelos funcionários da seguradora a parir de um desenho enviado por Romero há alguns meses. A obra será inaugurada neste domingo (25) no auditório da escola.

+ Quer substituir as obras de Romero Britto?

O intuito da seguradora é trazer a arte para mais perto da comunidade. Romero Britto, que teve uma infância difícil e hoje tem lojas com seus produtos até em Miami, foi a escolha perfeita para o papel.

Quando entrevistado pela revista VEJA SÃO PAULO, Romero preferiu não comentar sobre a receptividade do seu trabalho no Brasil, que está looonge de ser uma unanimidade. Para ele, sua obra "é universal, e faz muito sucesso em qualquer lugar porque fala sobre alegria e amor".

Veja abaixo uma parte da entrevista com o artista:

O que significa para sua carreira ter sido convidado para fazer esse painel, em uma comunidade? Em muitos lugares falta inspiração e eu posso levar cores para a vida das pessoas em um trabalho de responsabilidades social. É uma grande oportunidade deixar meu legado no Brasil e fazer a diferença através da arte.

Romero Britto
O artista em frente ao painel  com desenhos pintados por filhos dos funcionários Zurich e expostos na sede da companhia, em São Paulo (Foto: Divulgação)

O número de paineis públicos que você tem em outros países do mundo é muito maior do que os trabalhos desse tipo que você fez por aqui. Isso tem a ver com a reação do público brasileiro perante a sua obra? Gente é gente em qualquer parte do mundo. Sentimento como amor, alegria, e carinho tem em todos os lugares e por isso as mensagens que passo através do meu trabalho são universais.

+ Romero Britto desfaz parceria com Paris 6

Você tem outros planos para trabalhos futuros no Brasil? Eu quero dividir minha arte com o público. No Brasil, é muito difícil atingir um grande público se não for a convite de uma empresa, como a Zurich neste caso.

Fonte: VEJA SÃO PAULO