Televisão

Justiça manda Rede TV! usar verba de anúncio para pagar ex-funcionária

Dinheiro seria usado para o quitar indenização de jornalista que deixou a emissora

Por: Nataly Costa

Justiça
Jornalista conseguiu na Justiça direito à verba indenizatória após demissão (Foto: Latinstock)

A Justiça de São Paulo determinou que Rede TV! usasse o dinheiro de uma inserção comercial em horário nobre para pagar um dívida trabalhista com ex-funcionária. 

Em sua sentença, a juíza Cristiane Serpa Pansan, da 5ª Vara do Trabalho de Osasco, ordenou que a emissora penhorasse publicidade, no valor de 107 000 reais, a ser exibida no Superpop, de Luciana Gimenez. O dinheiro seria usado para pagar as verbas indenizatórias da demissão - que somavam 65 000 reais - da jornalista Rosana Cardin de Brito. 

+ Rede TV! entra com ação criminal contra Rafinha Bastos

A Rede TV! foi obrigada a fazer um leilão do espaço publicitário para garantir o dinheiro. O bloco que seria leiloado era de trinta segundos, às segundas e quartas, às 23 horas, durante o Superpop. 

+ Detalhes do programa de Mariana Godoy, ex-Globo, na Rede TV!

Às vésperas do leilão, porém, a Rede TV! entrou com um pedido de conciliação, que foi acatado. Com o acordo, vai conseguir pagar os 65 000 reais em nove parcelas. A emissora deve à jornalista horas extras, férias, 13º salário e FGTS, além de multas por descumprimento às leis trabalhistas. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO