Olimpíada

“Era meu sonho defender a seleção na Olimpíada”, diz goleiro

Fernando Prass sofreu uma fratura no cotovelo direito e não disputará os jogos

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Fernando Prass goleiro Palmeiras
Fernando Prass está fora dos Jogos Olímpicos (Foto: Reprodução/CBF)

O goleiro do Palmeiras Fernando Prass não defenderá mais a seleção brasileira na Olímpiada no Rio de Janeiro. O jogador confirmou em sua rede social na madrugada deste domingo (31) que sofreu uma fratura no cotovelo direito e não disputará os Jogos.

+ Prédios paulistanos dos anos 40 da capital têm abrigos antiaéreos

“Me empenhei muito para realizar o sonho de ser jogador da seleção brasileira. Mas infelizmente, não será dessa vez”, escreveu. “O exame realizado hoje apontou uma fratura no cotovelo e não poderei disputar a Olimpíada. Vou me cuidar e voltar ainda mais forte para defender o Palmeiras e quem sabe a seleção novamente. Agradeço a torcida e o carinho de todos!”.

Em nota divulgada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Prass queixou-se de dores no cotovelo durante o aquecimento para o amistoso contra o Japão, em Goiânia. “Logo após a partida, ao lado do médico André Pedrinelli, o goleiro passou por exames em uma clínica goiana. Foi constatada uma lesão que o deixa sem condições de jogo para as Olimpíadas”, informou a entidade.

Ainda segundo a CBF, Prass está voltando para São Paulo neste domingo (31) e outro goleiro será convocado para o seu lugar. O nome, porém, ainda não foi divulgado.

Fonte: VEJA SÃO PAULO