Eleições

PT sofre derrota histórica no ABC, reduto de Lula

Apenas um candidato do partido mantém chance de eleição para a prefeitura das cidades da região

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Carlos Grana, do PT
Carlos Grana (PT), candidato a prefeito de Santo André (Foto: Divulgação)

Tradicional reduto do PT e palco do início da trajetória do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ABC paulista já foi chamado de "cinturão vermelho" pelas vitórias expressivas do partido por ali.

Com praticamente todas as urnas apuradas na atual eleição de 2016, no entanto, apenas um candidato da legenda mantém chance de se eleger prefeito na região.

+ As últimas notícias da capital

+ Doria pode se tornar o primeiro prefeito da capital eleito no primeiro turno

Manoel Eduardo Marinho, o Maninho, em Diadema; e Tarcísio Cecoli, em São Bernardo do Campo, terminaram em terceiro lugar. Em São Caetano do Sul, Márcio Della Bella fechou apenas em sétimo lugar.

Já Carlos Grana, atual prefeito de Santo André, que tenta a reeleição, vai ao segundo turno em segundo lugar, atrás de Paulo Serra, do PSDB.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva votou na manhã deste domingo (2) na Escola Estadual José Firmino Correia de Araújo, no Jardim Lavínia, em São Bernardo do Campo. Ele estava acompanhado do candidato a prefeito pelo PT, Tarcísio Cecoli, e foi recebido por aplausos e por vaias de eleitores que votavam no mesmo local.

Ao ser questionado sobre as manifestações, Lula disse que não ouvia as vaias, porque os aplausos estavam mais altos. "É como quando o Corinthians vai jogar, mesmo sendo no Itaquerão. Tem sempre meia dúzia de torcedores do outro time. Pergunta se o jogador ouve vaia. Só ouve aplausos", afirmou. "O PT vai surpreender nessas eleições", completou ele.

Fonte: VEJA SÃO PAULO