Calendário

Atrações celebram o Dia Mundial de Luta contra a Aids

Roteiro tem baladas, filmes, performances e debates sobre tema

Por: Redação VEJINHA.COM - Atualizado em

Instituído internacionalmente em 1988 pela Organização Mundial de Saúde, o Dia Mundial de Luta contra a Aids, em 1º de dezembro, é celebrado no mundo todo com manifestações, debates e programas culturais com o intuito de mobilizar pessoas no combate e prevenção da doença. Em São Paulo não é diferente.

Neste sábado, unidades da rede Sesc, baladas e até a escola de samba Tom Maior prepararam atrações especiais. Confira na lista abaixo a programação completa:

  • No Dia Mundial da Luta Contra a Aids, que é celebrado neste sábado (1º), a vodca Belvedere e a The Week se uniram para promover o lançamento da campanha global de arrecadação de fundos para a Global Fund tofight AIDS, Tuberculosis and Malaria. Além de apresentar a garrafa especial vermelha, a marca vai destinar 50% dos lucros da venda para a instituição. Na noite, toda a The Week estará de vermelho, tanto na iluminação quanto na ambientação. Por lá, também estarão a venda camisetas da coleção "Todas as cores, todos os amores", da ONG Conexão Solidária, criadas por dez estilistas, como Ronaldo Fraga, Waldério Araújo e Fernanda Yamamoto. Parte das vendas também será doada, mas para a Casa de Apoio Brenda Lee, instituição apoiada pela The Week, que ajuda portadores de HIV. No line-up, os DJs Guto Bumaruf, Renato Cecin e Morais, na pista Babylon, e Hebert Tonn, Vlad e Marcelu, na pista Colours. Dia 1º/12/2012.
    Saiba mais
  • Com clima familiar, os ensaios da Tom Maior ocorrem às terças, das 20h à 0h, e aos sábados, a partir das 21h (R$ 10,00). É comum ver crianças correndo pelo salão entre um passo de samba e outro. Quase sempre com uma latinha de Nova Schin (R$ 4,00) gelada na mão, os frequentadores cantam em coro o enredo Foz do Iguaçu: Destino do Mundo - Sinfonia das Águas em Tom Maior. A presença de famosos como o cantor Frank Aguiar, que teve sua história contada no enredo de 2006, agita o público. Imagens das fantasias estão disponíveis no site oficial da agremiação; a compra pode ser feita por telefone. Das vinte opções, nove continuam disponíveis. Os preços variam entre 180 reais e 200 reais. Confira endereço e telefone. A escola faz seu último ensaio técnico no Anhembi no dia 16/2. No sábado (8), celebra 41 anos com uma tarde de feijoada no restaurante Camauê, dentro do hotel Holliday Inn. Sócios da Tom Maior pagam 75 reais e podem se servir do bufê à vontade. A venda antecipada de ingressos começa no dia 30 de janeiro.    + Saiba tudo sobre o Carnaval 2014
    Saiba mais
  • O Centro Cultural São Paulo e o Cine Olido reservam suas salas de quarta (27/11/2013) a domingo (1º/12/2013) para exibir os trinta filmes do ciclo Cinema Mostra Aids. Trata-de de um evento voltado para conscientizar as pessoas sobre o impacto que a doença ainda provoca na sociedade mundial. Em sua nona edição, a mostra, realizada pelo Grupo pela Vidda, traz duas fitas chinesas importantes. O cineasta Xiaogang Wei, no documentário A Realidade da Aids, faz um painel dos infectados pelo vírus em seu país — o média-metragem tem vez na quinta (28/11), às 18h, no CCSP. Na sequência, às 20h, será projetado o longa Juntos. Nele, o diretor Zhao Liang foca as dificuldades de doentes em enfrentar e expor seu cotidiano.
    Saiba mais
  • Para marcar a semana do dia mundial da luta conta a AIDS, o Laboratório Garapa traz uma intervenção inspirada no conto “O Soldadinho de Chumbo”, de Hans Christian Andersen, que conta de uma maneira lúdica e muito visual, um novo final dessa história. Dia 08/12/2012.
    Saiba mais
  • Trata-se de uma intervenção no formato de um programa de auditório, no qual uma psicóloga responde questões sobre DST, HIV e AIDS. Com orientação da ONG Barong. Dia 01/12/2012.
    Saiba mais
  • O preconceito ainda é um grande entrave para os portadores desta doença. Baseado no movimento global “Free Hugs”, os atores da Cia. da Joaquina oferecem abraços grátis, revelando que o carinho não combina com preconceito. Dia 01/12/2012.
    Saiba mais
  • A performance apresenta, de forma bem delicada, questões sobre o amor e a proteção como forma de prevenção da AIDS. Um casal apaixonado distribui um correio elegante em forma de coração e dentro dele tem um preservativo. Com o Laboratório Garapa. Dia 01/12/2012.
    Saiba mais
  • Em 2012, a jornalista Roseli Tardelli e a cineasta Alcione Alves colheram depoimentos na Conferência Internacional sobre Aids, em Washington. A dupla registrou as atuações das diferentes construções de respostas internacionais que foram costuradas ao redor do planeta. Histórias de pessoas que enfrentaram o preconceito e a discriminação com atitudes que transformaram vilarejos, capitais, cidades, bairros e países. A exibição do documentário ocorre no CineSesc no Dia Mundial da Luta Contra Aids. Dia 1º/12/2012.
    Saiba mais
  • Um casal de clowns percorre diversos espaços da unidade ao longo do dia, para de forma lúdica e bem-humorada, tratar de questões sérias como as DST e a prevenção da AIDS. Em um bate bola com o público, sensibilizam para os principais conceitos sobre o tema. Dia 01/12/2012.
    Saiba mais
  • Uma senhora de mais ou menos 90 anos, que gosta de se enfeitar e, principalmente, de dançar, aborda o público e conta histórias de sua vida, sobre quando seu marido ainda estava vivo e de seus outros homens, mostrando fotos e objetos do passado que estão guardados dentro de uma caixinha. Acompanhada de um músico, Iracema também declara os poemas que escutou desses seus amantes e admiradores. Dia 01/12/2012.
    Saiba mais
  • Na paisagem dos centros urbanos, repleta de informação, andamos como passageiros do nosso próprio corpo, que passa e atravessa, mas pouco troca. Nessa brincadeira, a Cia. Domínio Público vai para as ruas e  pergunta: “Posso dançar pra você?”. Dia 01/12/2012.
    Saiba mais
  • Em pernas de pau, a Cia. Burucutu traz poesias que elucidam o amor contemporâneo num contraponto com Romeu e Julieta, de Ariano Suassuna. Trabalha a linguagem do cordel. Nos intervalos, a companhia democratiza diversas poesias e informações sobre o tema. Dia 01/12/2012.
    Saiba mais
  • Um guarda-chuva vermelho traz suspenso em fitas vermelhas pergaminhos contendo frases ou pensamentos de artistas símbolos da luta contra a AIDS.  Um primeiro ator carrega o objeto, símbolo do amor, do coração, onde estão penduradas as fitas, representando suas artérias. Uma atriz – com um vestido longo vermelho – carrega um pano de cetim branco, símbolo da pureza, tendo bordado ao centro o laço, símbolo da luta contra o HIV. Quando uma relação baseada no olhar é estabelecida entre uma pessoa do “público” e os performers, a intervenção se inicia.  A pessoa do “público” é convidada a escolher um dos pergaminhos e a ler sua mensagem, a partir da qual o grupo cria micro-cenas, narrando e revelando pequenas histórias. Dia 01/12/2012.
    Saiba mais
  • O espetáculo busca aproximar o público do tema proposto. Nessa intervenção, a Cia Suno faz um convite ao conhecimento em uma narração interativa e itinerante, que une de maneira lúdica e com bastante humor a informação e a improvisação teatral. Dos guarda-chuvas "caem" poesias, haikais, conhecimento. Utiliza-se o público, e propõe-se ainda a distribuição de fitinhas vermelhas, símbolo da luta contra a AIDS, aos presentes. Dia 01/12/2012.
    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO