Educação

Programa oferece bolsas para escolas particulares

Vagas são para estudantes de baixa renda e processo seletivo vai até o dia 15 de julho

Por: Veja São Paulo

Educação
Programa Ismart também ajuda os jovens a chegarem a universidade estrangeiras (Foto: Gabo Morales/Folhapress)

Existente desde 1999, o programa Ismart escolhe anualmente alunos de escolas públicas para bolsas de estudos em escolas particulares de São Paulo e do Rio de Janeiro. Neste ano serão oferecidas 225 bolsas e as inscrições pode ser feitas até o dia 15 de julho (clique aqui)

+ As escolas e empresas que ajudam os paulistanos a estudar no exterior

Estão aptos a participar estudantes do 7º e do 9º ano do ensino fundamental da rede pública. Além disso, precisam comprovar que são de família com renda per capita de até dois salários mínimos (ou seja, 1 760,00 reais por pessoa, no máximo). Ele precisa ainda ter idade adequada à série (no máximo 13 anos completos, se matriculado no 7º ano, e no máximo 15 anos completos, se matriculado no 9º ano). O último critério é o de não haver repetência no histórico escolar. 

+ Saiba quais serão as carreiras mais promissoras no futuro

Os alunos selecionados recebem uma bolsa de estudos integral e, após a conclusão do ensino médio, os estudantes poderão participar do Programa de Desenvolvimento do Ensino Superior do Ismart e ganhar uma bolsa-auxílio para universidades estrangeiras.

+ Confira as útlimas notícias da cidade

Atualmente, são 777 bolsistas entre o 8º ano do ensino fundamental e o 3º ano do ensino médio. Eles estudam em dezoito escolas diferentes nas cidades de São Paulo, São José dos Campos, Cotia, Sorocaba e Rio de Janeiro. Outros 339 bolsistas já estão na universidade, matriculados em instituições de excelência do Brasil e dos Estados Unidos, como Harvard, Stanford e Dartmouth.          

Fonte: VEJA SÃO PAULO