Música

Pop Music Festival deve fazer 20 mil pessoas dançar no Anhembi

Série de shows aposta em artistas que nunca se apresentaram na cidade, como Jennifer Lopez

Por: Carol Pascoal

Pop Music Festival - 2274
Atrações do Pop Music Festival: Paris Hilton, Jennifer Lopez, Kelly Clarkson e o brasileiro Michel Teló (Foto: Divulgação)

Quem gosta de música pop está com a atenção voltada para o mês de dezembro, quando a turnê “MDNA” da rainha do gênero, Madonna, passa por aqui — anote: dias 4 e 5, no Estádio do Morumbi. A espera, porém, não precisa ser entediante. Um evento de grandes proporções destinado ao mesmo público espera pôr 20.000 pessoas para sacolejar na Arena Anhembi no sábado (23). Trata-se da segunda edição do Pop Music Festival, que, no ano passado, foi responsável por trazer os rebolados de Shakira.

+ Confira mais shows que acontecem na cidade

+ Maria Rita estende turnê "Viva Elis" e anuncia três novas datas em SP

A série de shows aposta em artistas que nunca se apresentaram na cidade, como Jennifer Lopez. “Ela era um nome muito aguardado pelos fãs”, diz Bazinho Ferraz, da empresa XYZ Live, que organiza o evento. Após uma passagem pelo Carnaval carioca deste ano e uma participação no programa “O Melhor do Brasil”, comandado por Rodrigo Faro, da Record, J.Lo vem a São Paulo para mostrar seu repertório dançante (e seus famosos movimentos de quadris). Desde 2011, ela integra o júri do “American Idol” ao lado do roqueiro Steven Tyler e do produtor Randy Jackson. A elevada audiência do reality show foi determinante para projetar “Love?”, álbum lançado no mesmo ano, no qual consta o hit “On the Floor”.

Na mesma linha de atrações inéditas, a americana Kelly Clarkson está confirmada. Vencedora do American Idol em 2002 e ganhadora de dois prêmios Grammy, a moça vendeu mais de 20 milhões de discos pelo mundo. Em sua estreia paulistana, deve interpretar, além do megassucesso “Because of You”, músicas do CD Stronger (2011). Menos talentosa, porém bem mais polêmica do que as duas anteriores juntas, Paris Hilton também foi convidada. A socialite, que “acumula” os títulos de atriz, cantora, empresária, escritora, estilista e modelo, ganha um novo atributo: o de DJ. Paris assume os toca-discos para encerrar o festival em clima de balada.

Único representante nacional, o cantor paranaense Michel Teló está encarregado de abrir a programação e esquentar a plateia. “Era nossa preocupação ter uma das principais estrelas brasileiras do momento”, diz Ferraz. O rapaz do hit grudento “Ai, Se Eu Te Pego” sobe ao palco às 7 da noite e, logo em seguida, o grupo americano Cobra Starship dá continuidade ao aquecimento de uma noite que... promete.

Fonte: VEJA SÃO PAULO