POLÍCIA

Polícia faz operação para prender seis suspeitos de chacina em Osasco

Também são cumpridos 28 mandados de busca e apreensão em 36 pontos da Grande São Paulo

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Chacina Osasco
Chacina em Osasco: dono do bar onde dez pessoas foram mortas (Foto: Avener Prado/Folhapress)

A polícia de São Paulo realiza na manhã desta quinta (8) uma Força Tarefa para cumprir  seis mandados de prisão de suspeitos de participar das chacinas de Osasco e Barueri em agosto. Os ataques ocorreram na noite do dia 13 e deixaram dezenove mortos em menos de duas horas.

+ Ataques deixam dezenove mortos na Grande São Paulo

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, estão sendo cumpridos também 28 mandados de busca e apreensão em 36 lugares. A operação conta com 457 policiais, sendo 201 civis da Delegacia Estadual de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) e Departamento de Polícia Judiciária da Macro São Paulo (Demacro) e 256 militares da Corregedoria da Polícia Militar.

Segundo o Ministério Público, o caso está em segredo de justiça. Participam da ação também promotores criminais de Cotia, Osasco, Carapicuíba, Itapecerica da Serra, São Paulo e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) da capital. 

+ PM da Rota preso por chacina em Osasco já responde a cinco processos

A Secretaria de Segurança não confirma se alguma prisão já foi efetuada. Em nota, a pasta informou que mais detalhes serão fornecidos na tarde desta quinta (8) durante coletiva de imprensa.

+ Confira as últimas notícias da cidade

Fonte: VEJA SÃO PAULO