Criminalidade

Polícia prende terceiro suspeito de atropelar e matar universitária

Rapaz de 19 anos foi detido na manhã desta terça (17); policiais ainda procuram por mais uma pessoa

Por: Veja São Paulo (com Estadão Conteúdo)

Natalia Felix
Natália Costa de Moraes Félix estava acompanhada da avó quando foi atropelada (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil prendeu o terceiro suspeito de roubar, atropelar e matar a estudante de biomedicina Natália Costa de Morais Félix, de 21 anos. Michel Oliveira de Souza, de 19 anos, foi pego na manhã desta terça (17). Segundo a polícia, ele confessou participação no crime. Um quarto suspeito ainda está foragido.

+ "Dane-se", disse menor que atropelou e matou estudante

O caso aconteceu no dia 24 de maio. Acompanhada da avó, a estudante dirigia seu carro na Avenida Professor Rubens Gomes de Souza, na Zona Sul, quando foi abordada pelos bandidos. Segundo a polícia, os suspeitos pediram para que as duas deixassem o veículo e se deitassem no asfalto. No momento da fuga, o carro atropelou Natália, que morreu na hora. A avó não sofreu ferimentos.

+ Estudante é atropelada e morta em assalto na Zona Sul

As investigações são conduzidas pelo Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). O delegado Rogério Barbosa, da Delegacia de Investigações sobre Roubo e Latrocínio, afirma que Souza confessou. "O preso revelou que participava de roubos na região desde 17 anos de idade. Tem passagem pela Fundação Casa por porte de arma."

Três dias após o crime, os policiais do Deic haviam prendido Matheus José Pinheiro de Morais, também de 19 anos, e apreendido um adolescente de 17, apontado como o motorista do carro no momento do atropelamento. O adolescente teria reagido com frieza ao ser avisado por comparsas que havia matado a jovem. “Agora já foi. Dane-se”, afirmou, segundo a polícia.

+ Confira as principais notícias da cidade

Os investigadores procuram ainda um quarto envolvido, conhecido como Zóio.

Fonte: VEJA SÃO PAULO