Tempo

Apesar do sol, paulistanos devem se preparar para o frio

São Paulo registrou a temperatura mais fria do ano na madrugada desta terça-feira

Por: Juliana Deodoro - Atualizado em

Avenida Paulista - capa 2223
A previsão em São Paulo é de um típico dia de inverno na quarta-feira (Foto: Fernando Moraes)

Prepare-se para retirar o casaco do armário a partir do fim do dia. Apesar do sol brilhar, São Paulo passa por uma semana atípica de outono.  A cidade registrou a temperatura mais fria do ano na madrugada desta terça-feira. De acordo com Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a mínima foi de 11,1°C na estação de Santana, na zona norte, e chegou a 8°C em outras regiões da capital. A máxima deve ser de 22°C às 15 horas, quando volta a cair.

Amanhã as temperaturas serão ainda menores e a previsão é de um típico dia de inverno. No fim da madrugada e início da manhã, geralmente o período mais frio, os termômetros podem marcar 10°C. Ao longo da quarta (9), porém, ela não ultrapassa os 19°C.  

“Será a terceira madrugada de frio, algo incomum nessa época do ano”, afirma meteorologista Marcelo Schneider, do Inmet.  No outono, segundo ele, o normal é a temperatura subir após dois dias gelados, mas uma nova frente fria chega nesta quarta-feira ao estado, reforçando os baixos índices. “Na quarta-feira, a sensação térmica pode chegar a 7°C”.

Apesar da mudança repentina, o meteorologista da Climatempo André Madeira afirma que os números não são tão absurdos. “A média histórica do mês de maio é de 13,7°C. A temperatura foi a menor do ano até agora, mas os índices são perfeitamente normais”.

Fonte: VEJA SÃO PAULO