Trânsito

Com São Silvestre e Réveillon, evite dirigir pela região da Av. Paulista

Metrô também tem esquema de operação especial neste último dia do ano

Por: Redação VEJASÃOPAULO.COM - Atualizado em

Corrida de São Silvestre
Na terça (31/12/2013), a Avenida Paulista recebe a 89ª edição da corrida de São Silvestre (Foto: Divulgação)

Marcada para às 6h50 desta terça-feira (31), a Corrida de São Silvestre  terá concentração e chegada na Avenida Paulista - onde também acontece a tradicional festa de Réveillon da Paulista. Por causa dos dois eventos, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) recomenda que motoristas evitem passar de carro pela região neste último dia do ano. 

+ As mudanças na São Silvestre ao longo da história

A corrida começa na esquina da Alameda Ministro Rocha Azevedo, sentido Consolação, e termina às 13h em frente ao prédio da Gazeta, na altura do número 900. A Paulista está interditada desde a noite anterior entre as ruas Teixeira da Silva e Frei Caneca no sentido Consolação e entre a Rua Padre João Manuel e a Avenida Brigadeiro Luís Antônio no sentido Paraíso. Hoje, às 5h, o bloqueio se estende até a Bela Cintra no sentido Consolação. No sentido Paraíso, a avenida estará fechada desde a Rua da Consolação até a Brigadeiro Luís Antônio. Às 5h45, todas as vias que fazem parte do percurso (veja abaixo) serão bloqueadas. 

Às 13h, a CET vai liberar a Paulista, no trecho entre as ruas da Consolação e Augusta, além dos cruzamentos da Avenida Brigadeiro Luís Antônio, Rua Pamplona e Alameda Joaquim Eugênio de Lima. A Rua São Carlos do Pinhal também será reaberta aos veículos.

Entre 15h e 16h, porém, a avenida volta a ter alguns trechos bloqueados: os cruzamentos com as ruas Pamplona, Peixoto Gomide, Alameda Casa Branca, Joaquim Eugênio de Lima e Avenida Brigadeiro Luís Antônio estarão fechados. 

Às 17h30, a Paulista será interditada entre as ruas Teixeira da Silva e Augusta (sentido Consolação) e  entre as ruas Haddock Lobo e Maria Figueiredo (sentido Paraíso). A Alameda Santos será bloqueada entre a Rua Padre João Manuel e Avenida Brigadeiro Luís Antônio.O Réveillon da Paulista acontecerá entre 19h30 e 2h. Só às 9h do dia 1º de janeiro as imediações da avenida voltarão a ter tráfego normal. 

Metrô

O metrô também terá esquema especial de operação. A partir das 18h, a Estação Trianon-Masp da Linha 2-Verde será fechada por causa do grande fluxo de pessoas que chegam para a festa, cujo palco fica perto da estação. Quem vai curtir a festa deve desembarcar nas estações Consolação ou Brigadeiro. 

No dia 1º, todas as linhas operam normalmente das 4h40 à meia-noite e no dia 2, quinta-feira, as linhas 1, 2, 3 e 4 abrem mais cedo, às 4h, para receber quem volta do feriadão. 

Confira abaixo as vias que fazem parte do percurso da corrida de São Silvestre e devem ser evitadas:

Avenida Paulista (sentido Consolação), Túnel José Roberto Fanganiello Melhem, Avenida Doutor Arnaldo (sentido Bairro), Rua Major Natanael, Rua Desembargador Paulo Passalácqua, Avenida Pacaembu (sentido Estádio), baixos do Viaduto General Olímpio da Silveira,  Avenida Pacaembu (ambos os sentidos), Rua Margarida, Alameda Olga, Rua Tagipuru, Rua Fuad Naufel, Avenida Auro Soares de Moura Andrade (sentido Centro), Rua Mário de Andrade, retorno após a Rua Lopes Chaves, Rua Mário de Andrade, Avenida Pacaembu (sentido Marginal Tietê), Viaduto Pacaembu (sentido Marginal Tietê), Avenida Abraão Ribeiro (sentido Marginal Tietê), Avenida Marquês de São Vicente (sentido Centro), Rua Norma Pieruccini Giannotti (sentido Centro), Avenida Rudge (sentido Bairro), Viaduto Engenheiro Orlando Murgel (sentido Bairro), Avenida Rio Branco (sentido Centro), Avenida Duque de Caxias (pista da direira), Avenida São João (sentido Bairro), Largo do Arouche, Avenida Vieira de Carvalho (sentido Centro), Praça da República, Avenida Ipiranga, Avenida São João, Largo do Paiçandu, Rua Conselheiro Crispiniano, Praça Ramos de Azevedo, Viaduto do Chá, Rua Libero Badaró, Largo São Francisco, Avenida Brigadeiro Luís Antônio e, finalmente, Avenida Paulista (sentido Consolação).

Fonte: VEJA SÃO PAULO