Passeios

Bons parques para fazer um piquenique

São seis endereços para organizar uma bela refeição ao ar livre

Por: Anna Carolina Oliveira, Bruna Ribeiro e Carolina Romanini - Atualizado em

Piquenique
Refeição no gramado: saiba o que cada parque oferece para o seu piquenique (Foto: Thinkstock)

Os piqueniques ao ar livre, que estão na moda entre os paulistanos, são um programa agradável e barato para curtir os dias ensolarados. Apesar de cada local ter as suas particularidades -- alguns possuem áreas verdes para estender a toalha, outras dispõem apenas de mesas --, certas medidas são básicas para todos eles. Uma delas é levar um saco plástico para jogar o lixo, afinal é dever de todo cidadão contribuir com a limpeza da cidade.

+ Guia completo para organizar um piquenique

Horto Florestal ganha novas quadras, academia ao ar livre, teatro e ciclovia

+ Parques para andar de bicicleta com as crianças

Outro cuidado é nunca deixar de verificar a previsão do tempo. Pode ser que você acorde e se depare com um belo sol, contudo não se engane, o clima é muito imprevisível e um temporal pode estragar todo o passeio.

Por último, lembre-se que onde há planta existe também inseto. Se você for alérgico ou estiver acompanhado de crianças pequenas, é sempre bom passar uma boa camada de repelente na pele. Protetor solar é também imprescindível (escolha o seu AQUI).

Abaixo, confira as informações de cada parque e prepare a cesta:

Horto Florestal Tour Virtual SPTuris
Horto Florestal: macacos-prego, garças e tucanos povoam o Parque Estadual Alberto Loefgren, na zona norte (Foto: Reprodução)

HORTO FLORESTAL. Como as áreas dedicadas aos piqueniques ficam ao redor dos playgrounds, este endereço é uma boa sugestão para uma refeição com as crianças. Enquanto os adultos preparam o lanchinho, a garotada pode gastar as energias nos brinquedos. Há mesas, mas o forte mesmo é a ampla área verde, que possibilita um contato com a natureza. Os churrascos, antes aceitos, foram proibidos em todo o parque.

PARQUE DA ÁGUA BRANCAHá um espaço dedicado apenas às comidinhas ao ar livre. Lá, os visitantes encontram muitas mesas de madeira distribuídas em uma área aberta. Os frequentadores também podem ficar à vontade para se reunirem em outras regiões do parque. Para os dias de chuva, o melhor é escolher outro endereço, pois este não conta com espaços cobertos para piquenique.

Lugares para se esbaldar - Capa Brinquedos Ed. 51 - Parque do Ibirapuera
Apesar do grande número de visitantes no Parque do Ibirapuera, ainda há espaço para tranquilidade (Foto: Priscila Zambotto)

PARQUE DO IBIRAPUERA. Apesar de o parque ter um volume de visitantes maior nos fins de semana, ainda assim há espaço para todas as cestas nesses dias. Mesas e bancos para lanches ao ar livre estão distribuídos em quatro áreas do endereço: próximo ao estacionamento do Museu de Arte Moderna, no playground, no jardim de jogos (onde ficam as quadras) e em frente à administração do parque. Além disso, também é possível estender a toalha nos vários espaços gramados. A ausência de áreas cobertas, no entanto, se torna um grande problema nos dias de chuva.

Parque Piqueri
O Parque do Piqueri, que recebe esportistas diariamente, também abre espaço para piqueniques (Foto: SVMA)

PARQUE DO PIQUERI. Este é um dos poucos parques da cidade que ainda tem churrasqueiras. Ao lado delas, mesas de concreto facilitam a refeição das famílias que passam o dia no local. Falta manutenção no espaço, mas a área é sempre disputada em dias de sol.

vila-remedios
Parque Vila dos Remédios oferece muito verde e tranquilidade para as famílias (Foto: Divulgação)

PARQUE VILA DOS REMÉDIOS. Assim como o Parque do Piqueri, conta com espaços com churrasqueiras. Os fins de semana são os mais disputados para um piquenique, principalmente a região próxima ao lago maior. Então, para garantir lugar, é bom chegar mais cedo — o endereço abre às 6h todos os dias. Os piqueniques podem ser feitos da forma tradicional nas áreas de gramado.

Villa-Lobos
Quiosques no Parque Villa-Lobos são ideais para piqueniques (Foto: Bruna Ribeiro)

PARQUE VILLA-LOBOS. São 75 quiosques dedicados a piqueniques, mas os frequentadores também podem estender as toalhas no gramado para um lanche ao ar livre. O usuário pode se sentir à vontade para fazer a “farofa”, mas deve lembrar que os churrasquinhos estão proibidos no endereço. É certamente uma das melhores opções da cidade, destacando-se pelo playground com muitas opções para os pequenos.

Fonte: VEJA SÃO PAULO