FIM DE ANO

Conheça lojas de fábrica para comprar panetone mais barato

As marcas Bauducco, Ofner e Visconti mantêm espaços onde o quitute natalino tem preços mais baixos

Por: Saulo Yassuda

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

No fim do ano, o número de pessoas para presentear costuma ser grande. E, mesmo com o 13º salário na conta, a carteira pode ficar apertada. Até na compra daqueles panetones mais comuns, vendidos em supermercados ou docerias do dia a dia, a soma em geral é gorda. Para alivar um pouco o orçamento, visitamos três lojas de fábrica que vendem esses regalos com algum desconto.

+ Saiba onde encontrar versões inusitadas de panetone

Na Ofner de Socorro (zona sul), os preços podem cair até 30% em relação ao dos endereços regulares da marca. Na Bauducco e na Visconti, vale mais comprar no atacado, com 5% de odesconto. Existe ainda a pção de adquirir panetones com pequenos defeitos -- e fora da embalagem.

Endereços certeiros para garimpar os melhores ingredientes e receitas

Saiba mais abaixo sobre esses três endereços.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

BAUDUCCO. Fica em um pequeno espaço no meio da muvuca do Brás. Vende variados itens da marca, como biscoitos e torradas, e tem jeitão de mercearia. A área mais concorrida é o canto esquerdo do imóvel, nos fundos. Lá, as estantes amontoam panetones com defeitos de fabricação, mas perfeitos para consumo, armazenados em sacos plásticos. Uma etiqueta alerta: "amassado, quebrado, excesso ou baixo crescimento". O público se acotovela para conseguir pescar os itens em melhor estado. Na visita feita no último dia 3 de dezembro, a estante mais vazia era a do panetone tradicional de 750 gramas (R$ 12,50). Embalado na caixa, o mesmo produto em perfeito estado custa R$ 21,00. O panetone trufado de 550 gramas sai por R$ 10,50 (com defeito) e R$ 14,80 (regular). No atacado, a caixa de doze unidades em ótimo estado tem 5% desconto. Para evitar aglomerações gigantes, vale aparecer pela manhã ou aos domingos. 

Rua Rubino de Oliveira, 58, Brás. 8h30 às 19h (sáb. até 18h; dom. até 16h). 

OFNER. Na frente da loja, instalada no bairro de Socorro (não muito longe do Shopping SP Market), nota-se o aroma de bolo saindo do forno -- prova de que a fábrica fica logo atrás. Os preços dos produtos são até 30% menores que o das outras lojas da rede. O panetone tradicional de 500 gramas, com frutas cristalizadas, sai por R$ 16,70, contra R$ 23,20 do preço de tabela. A linha conta ainda com a receita trufada de 1 quilo (de R$ 69,90 por R$ 52,40) e com o bolo genovês (de R$ 68,90 por R$ 51,40), que leva damasco seco e passas na massa. Esses são os itens idênticos aos levados às outras lojas, ou seja, sem deformações ou defeitos de fabricação. O espaço oferece comodidades como vagas de estacionamento grátis e duas máquinas de pagamento rápido por cartão. Elas ajudam a aliviar as filas que costumam se formar neste fim de ano, sobretudo nos fins de semana. Depois de escolher os quitutes de Natal, dá para descansar em uma das mesinhas e provar uma coxinha (R$ 6,00 com catupiry) ou uma tortinha de morango (R$ 8,90) -- estes também com desconto.

Rua Olívia Guedes Penteado, 375 , Socorro. 8h às 22h (sex. e sab. até 0h).

Bauducco - prateleira
Bauducco: um dos corredores do pequeno espaço (Foto: Saulo Yassuda)

VISCONTI. Já foi um galpão feioso e hoje tem status de supermercado de bairro, com dez caixas bem organizados e estacionamento. Apesar de se vender como loja de fábrica da Visconti, também dispõe de produtos da Bauducco, produzidos pela mesma Pandurata. Chocolates, biscoitos e bolos dividem o espaço dos corredores com os panetones das duas marcas. Uma das estantes fica reservada a produtos com pequenos defeitos, rapidamente repostos por funcionários, a exemplo do tradicional da Visconti (R$ 7,70, 500 gramas). Este último item pode ser comprado a R$ 10,90 no endereço, embalado e sem problemas de fabricação. A caixa de dezoito unidades é vendida com 5% de desconto. Como o lugar é concorrido, recomenda-se chegar pela manhã, antes das 10h.

R. Labatut, 903, Ipiranga. 8h30 às 18h (sáb. até 18h; dom. até 16h).

Fonte: VEJA SÃO PAULO