Sociedade

Músicos faturam alto para animar festas e casamentos

Mesmo não tendo discos gravados ou sucessos no rádio, artistas vivem com a agenda cheia

Por: Giuliana Bergamo - Atualizado em

2154 animadores de festa francis bringell abre
O músico Francis Bringell: “Cantando na noite, ganharia um quinto do cachê” (Foto: Mario Rodrigues)

Alguns nunca gravaram disco ou tiveram chance de ouvir sua voz no rádio. Mesmo assim, há gente de sobrenome famoso que não se incomoda em esperar meses pela oportunidade de vê-los em ação no palco. De quem se trata? De figuras como o cantor maranhense Francis Bringell, 55 anos, radicado em São Paulo há quarenta. Atração de casas noturnas na década de 80, ele hoje ganha a vida num filão em alta na cidade: o dos músicos especializados em animar festas bacanas. “Ele é simplesmente sensacional”, diz o restaurateur Belarmino Iglesias, da rede Rubaiyat, que o contratou para a confraternização de fim de ano de sua família.

Bringell e seus colegas de atividade tornaram-se mais requisitados em eventos a partir da última década, quando se consolidou a era dos casamentos baladas. “Nos anos 90, era até brega contratar banda para uma festa dessas”, lembra a cerimonialista Vera Simão. Atualmente, organizadores dos casórios chiques mantêm listas com os nomes ideais para o perfil de cada cliente. Quem procura um artista classudo para embalar os convidados costuma adorar os shows de Izzy Gordon, cuja voz já foi elogiada por gente como Bono, do grupo irlandês U2, e Caetano Veloso. “Sempre a indico, porque é bonito receber com um som lounge”, diz a casamenteira Carla Fiani. A procura é tanta que Izzy, sobrinha da cantora Dolores Duran (1930-1959), chega a re cusar trabalho. “Se não curtir o evento, não topo”, afirma. Caso o cliente não abra mão de dançar até cansar, entram em cena os integrantes do grupo Rod Hanna — combinação do nome de seus fundadores, os cantores Rodrigo Laguna e Nora Hanna —, que, além de empolgar com sucessos dos anos 70 e 80, levantam a plateia com distribuição de acessórios como plumas e óculos.

Fernando Moraes
2154 animadores de festa izzy gordon
(Foto: Fernando Moraes)
Izzy Gordon: “Se não gosto do evento, não topo

Definida a atração que mais se aproxima do gosto do freguês, nem sempre é possível contratar o artista escolhido. Como há muitas festas, quase todas planejadas com pelo menos um ano de antecedência, a agenda dos músicos vive cheia. O percussionista Paulo Campos, cuja performance consiste em tocar simultaneamente com o DJ contratado pelos noivos, estima que 80% dos 100 shows que fez em 2009 foram em casamentos. “Tenho outros cinquenta marcados para este ano”, afirma. A Sensacional Orchestra Sonora (mais conhecida pela sigla SOS) ganhou um segundo grupo de instrumentistas para dar conta da procura, a SOS 2. “Alguns shows estão acertados para 2011 e 2012”, conta um dos criadores, Eduardo Faiguenboim.

Além da demanda constante, outro fator atrai os músicos: a remuneração alta. “Meu cachê em festas é de 3 000 reais. Ganharia um quinto disso cantando na noite”, diz Francis Bringell, que complementa a renda com shows em casas noturnas como o Tom Jazz, onde se apresenta no próximo dia 8. O Rod Hanna recebe entre 30 000 e 50 000 reais por uma hora e meia de animação. Em sua configuração mais poderosa, com 41 artistas em ação, a Samy’s Band cobra 100 000 reais por quatro horas de performance. “Quem consegue se estabelecer no mercado de festas integra a elite artística”, afirma Roberto Bueno, da Ordem dos Músicos do Brasil.

 

 

CARDÁPIO MUSICAL

Os shows dos artistas mais requisitados, sua duração e quanto eles cobram

Bibba Chuqui

☎7875-8363

www.bibbachuqui.com.br

Pode apresentar-se sozinha, a capela, ou com uma orquestra de vinte músicos. Seu repertório vai de jazz e blues a sucessos da MPB. Duração: de 30 minutos a 1h30. Cachê: de 5 000 a 20 000 reais.

Francis Bringell

☎2965-9987

www.francisbringell.com.br

Com repertório que vai de Roberto Carlos a Cauby Peixoto, anima tanto pequenos jantares quanto grandes casamentos e eventos corporativos 2 horas De 3 000 a 5 000

Izzy Gordon

☎3031-5287

www.izzygordon.com

Acompanhada por uma banda, canta principalmente clássicos do jazz e da MPB 1h30 De 8 000 a 10 000

Paulo Campos

☎3812-9338

www.paulocampos.com

O percussionista faz apresentações improvisadas ao mesmo tempo em que um DJ comanda os pick-ups De 30 minutos a 1 hora De 3 500 a 4 800

 

Rod Hanna

☎ 3706-1701

www.poladian.com.br

Treze músicos e dançarinos ocupam o palco para embalar a pista com canções dançantes dos anos 70 aos 90 1h30 De 30 000 a 50 000

Sensacional Orchestra Sonora

☎ 3666-7365

www.sensacionalorchestra.com.br

Releituras de hits de pop e rock lançados desde a década de 60. A apresentação conta com dez músicos De 1h30 a 4 horas 18 000

Techsamba

☎ 3706-1701

www.poladian.com.br

Acompanhado por dançarinas, um grupo com dez ritmistas toca simultaneamente à discotecagem de um DJ De 45 minutos a 1 hora De 4 500 a 10 000

Samy’s Band

☎ 3676-0101

www.samysband.com.br

É uma típica banda de baile. Em grandes eventos, chega a se apresentar com 41 artistas no palco De 1h30 a 4 horas De 25 000 a 100 000

Fonte: VEJA SÃO PAULO